Arteiras Solidárias transformam fios de lã em roupas para doação

Grupo voluntário produz peças de enxovais para famílias carentes

Por
· 1 min de leitura
O grupo também realiza doações para Instituições de Longa Permanência para Idosos (Divulgação/ON) O grupo também realiza doações para Instituições de Longa Permanência para Idosos (Divulgação/ON)
O grupo também realiza doações para Instituições de Longa Permanência para Idosos (Divulgação/ON)
Você prefere ouvir essa matéria?

Há quase três anos, uma mala cheia de lã e uma conversa entre amigas criou o grupo Arteiras Solidárias. Adriane Rebechi e Salete Portilio convidaram outras  amigas e vizinhas e começaram a produzir pequenas mantas de crochê e palhacinhos de fuxico,  doadas para o Centro Assistencial à Criança com Câncer.

Image title

O grupo cresceu e novas metas foram definidas, hoje o principal trabalho das Arteiras é a confecção de enxovais para bebês da maternidade do SUS do Hospital São Vicente de Paulo. “O foco principal é enxoval para bebê que a família tenha necessidade. Também atendemos asilos com toucas, gorros, meias e mantas pequenas, tudo isso através do trabalho manual”, explica a coordenadora Cristiane Aparecida Portilio Avila.

A história do grupo foi contada pela professora aposentada Marlene da Silva Dias, que está no projeto desde seu princípio. “A importância desse projeto é ajudar a quem precisa, é colocar-se no lugar do outro e também a satisfação e realização pessoal, com o pouco que temos e com alguns pontinhos aquecemos muitos bebês”, relata. Ela afirma que o grupo hoje é a sua principal atividade. “Participar deste projeto faz me sentir útil para a sociedade, interagir com outras pessoas e também para ocupar a mente e me manter ativa”, explica. Esse é um dos objetivos do grupo, além de ajudar. 

Doações

Image title

Para produzir os itens, as arteiras contam com doações da

comunidade. “Essa parte as vezes é complicada pois no inverno às vezes falta, mas vamos sempre a procura de nos mantermos sempre ativas, realizando os trabalhos”, destaca a coordenadora. Ela conta que as Arteiras estão produzindo bastante devido ao isolamento e que houve um crescimento da demanda, principalmente com o frio. Muitas pessoas têm entrado em contato pelo facebook da página solicitando doações. “Por isso pensamos em aumentar a produção para acompanhar a necessidade”, destaca Cristiane. Elas também tem a intenção de estender as doações para outras entidades futuramente.

As doações podem ser de lã ou dinheiro, que será revertido em materiais para produção. Para doar os interessados podem entrar em contato pelo facebook Arteiras Solidárias, pelo telefone 33112356 ou whatsapp: 991564175 / 991206796. Quem tiver interesse em integrar o grupo pode entrar em contato pelos mesmos números, no entanto as reuniões presenciais estão suspensas devido a pandemia. 

Gostou? Compartilhe