Cresce busca por cuidados com a barba

Preocupação com a aparência cai no gosto dos homens e barbearias viram tendência

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O mercado de barbearias ganhou um impulso forte nos últimos anos, conforme estudo realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), que mostra que 54% dos homens frequentam regularmente salões e barbearias e se preocupam com a imagem. Essa tendência cresce a cada ano, segundo a empreendedora e barbeira há mais de cinco anos, Thais Antunes, esse serviço está sendo bem aceito porque busca suprir as necessidades do homem moderno. "Eles também gostam de cuidar do visual, procuram manter as barbas modeladas, bem cortadas e manter o corte de cabelo em dia".

 

Longe daquele cenário das barbearias antigas, hoje elas trazem um estilo retrô, com bares e até mesa de sinuca. Thais afirma que mais do que cuidar da beleza, os homens procuram relaxar, conversar e ter um momento para eles - "Muitos chegam aqui com a autoestima baixa, ou porque não possuem a barba com formato desejado, ou mesmo porque possuem muitas falhas, e buscam cuidados que antes nem se preocupavam. Hoje, numa barbearia conseguimos resolver todos esses problemas em conjunto", explica.

 

Público cativo

Thais traça inclusive um perfil do público que atende – "os homens que mais procuram as barbearias estão na faixa dos 20 a 35 anos. A moda da barba está em alta, principalmente entre os jovens e por isso, aumentou muito a necessidade de cuidados como a limpeza, hidratação, além da paciência com as coceiras", alerta Thais.

Gostou? Compartilhe