Programa de Pós-Graduação em Letras da UPF completa 15 anos

O PPGL, com conceito 5 da Capes, já formou 240 mestres e 3 doutores

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?
O Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo (PPGL/UPF) comemora, em 2018, 15 anos de história. Vinculado ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), o Programa garante a formação docente de excelência por meio de cursos de mestrado e doutorado. O PPGL já formou 200 mestres e, no ano passado, realizou suas três primeiras defesas de doutorado. Também conquistou o conceito 5 da Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes), nota máxima atribuída a cursos de excelência em nível nacional.
 
O PPGL foi criado em 24 de março de 2003, com o curso de mestrado e, em 2014, teve início a primeira turma de doutorado.  Suas três linhas de pesquisa são: Produção e recepção do texto literário; Leitura e formação do leitor; e Constituição e interpretação do texto e do discurso.
 
No ano passado, a Capes, que é o órgão do Ministério da Educação responsável pelo reconhecimento e pela avaliação de cursos, atribuiu nota 5 ao PPGL da UPF. A coordenadora do PPGL, Dra. Claudia Stumpf Toldo Oudeste, resumiu os fatores que levaram a essa conquista. “Muito trabalho. Muita pesquisa. Muita produção e dedicação!”, sintetizou.
 
Formação de excelência
Nesses 15 anos, a principal contribuição do Programa para a educação e para a área de Letras foi a formação de professores e pesquisadores. O curso recebe alunos de todos os estados, principalmente do sul do Brasil. O PPGL oferta uma formação docente de excelência e, conforme a coordenadora, entre as ações que colaboram para essa formação, estão: a formação de pesquisadores nas diversas áreas de atuação do profissional de Letras; o incentivo à pesquisa individual e o fomento à pesquisa; o desenvolvimento de pesquisas sobre os usos das línguas e das literaturas; e a divulgação de forma sistemática da produção acadêmica relacionada por meio de eventos científicos no Brasil e no exterior. 
 
Além disso, Claudia destaca o estímulo, em âmbito nacional e internacional, a apresentação e a publicação de trabalhos de alunos e de docentes; o incentivo à pesquisa em estudos da linguagem em geral e suas interações com outras áreas do conhecimento; e a organização de eventos científicos com o intuito de reunir pesquisadores de instituições nacionais e estrangeiras e de fomentar a interlocução acadêmica com suas pesquisas.
 
Incentivo ao intercâmbio
O fortalecimento do processo de internacionalização e da produção de pesquisas é uma realidade do PPGL e contribuiu para a conquista do conceito 5. Conforme Claudia, o Programa incentiva intercâmbios em âmbito internacional e nacional, visando à ampliação do campo de conhecimento produzido. 
 
O PPGL destaca-se pela expansão constante de parcerias internacionais, que ocorrem por meio de intercâmbio docente e discente, da realização de pesquisas em conjunto com instituições nacionais e estrangeiras e da participação de palestrantes internacionais em atividades desenvolvidas pelo Programa. 
 
Formação de leitores
A formação de leitores também é uma das metas do PPGL UPF. A discussão e o aprofundamento de temas ligados à área de Letras são vivenciados nos eventos promovidos pelo Programa, dentre os quais se destacam o Seminário Nacional de Língua e Literatura e as Jornadas Literárias, as quais, por desenvolverem há mais de 36 anos um sólido trabalho em prol da formação de leitores, conferiram a Passo Fundo o título de Capital Nacional da Literatura.
 
Uma das linhas de pesquisa, Leitura e Formação do Leitor, também desempenha papel unificador no PPGL. “Essa linha estuda os processos de leitura de textos verbais e não verbais, de formação do leitor e do professor-leitor e da transformação dos mecanismos de interação entre leitor e texto diante de diferentes suportes”, destaca Claudia.
 
Bolsas de estudo
O PPGL oferece bolsas da Capes e da UPF regidas por editais próprios e seleção de candidatos à bolsa de doutorado sanduíche no exterior pelo Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE/Capes). “Ter bolsas de estudo oportuniza aos acadêmicos a efetiva vivência do universo de uma pós-graduação: internacionalização, estudo, leituras, participação em eventos, contato diário com a pós, tempo para essa vivência e, principalmente, dedicação”, ressalta a coordenadora.
 
Perspectivas futuras
O crescimento e o desenvolvimento do Programa são uma realidade. O PPGL pretende continuar seu trabalho de excelência pedagógica, no que diz respeito ao trabalho de pesquisa, de docência e de extensão. Além disso, continuará priorizando ações que projetam o PPGL/UPF entre os programas de pós-graduação da área de Letras e Linguística, a fim de figurar como um programa que se destaca por seu trabalho de excelência.
 
Dentre os trabalhos a serem desenvolvidos, também estão ações de pesquisa que colocam o PPGL entre os programas que se destacam na pesquisa e na produção intelectual que colaboram na formação de pesquisadores, incentivam a pesquisa em estudos da linguagem em geral e suas interações com outras áreas do conhecimento. Outro objetivo é participar de editais voltados para os programas que têm conceito 5 da Capes.
Gostou? Compartilhe