Projeto Água em Foco chega à 3ª edição

Com atividades que seguem até o fim do ano, o projeto desenvolvido pelo Comitê Rio Passo Fundo no Instituto Menino Deus aborda questões como água, solo e biodiversidade

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Entre a inquietude tradicional da pré-adolescência e a atenção dedicada aos dados e informações sobre os usos da água, as duas turmas de 7º ano do Instituto Menino Deus deram início, na manhã da última sexta-feira, 18, à 3ª edição do projeto "Água em Foco: em busca da preservação dos recursos hídricos", desenvolvido pelo Comitê Rio Passo Fundo e que concentra esforços na educação ambiental de crianças e adolescentes ao explorar diferentes aspectos do meio ambiente. O resultado do projeto, que alia a teoria à prática, será apresentado à comunidade em um livro lançado no final do ano.


O projeto, que é desenvolvido desde o ano de 2015 e já envolveu o próprio IMD e, também, o Colégio Bom Conselho, se renova e, agora, retorna a uma nova turma. Envolvendo os alunos em atividades mensais que seguem até o fim do ano e abordam temáticas como solo, meio ambiente, biodiversidade, resíduos sólidos e mata ciliar e sua relação com a água. Ao todo, serão cinco encontros e, ao final de cada um deles, os alunos serão desafiados a produzir alguma atividade: textos, desenhos, histórias em quadrinhos, propagandas, colagens e fotografias serão produzidos e, ao fim do projeto, serão reunidos no livro que leva o mesmo nome do projeto. A primeira atividade, um Bingo Ecológico, abordou a situação atual dos recursos hídricos, o papel de um Comitê na gestão das águas e, ainda, a destinação correta dos resíduos sólidos, o uso da água e, especialmente, como cada um é responsável por colaborar, de alguma forma, com a conservação e preservação do meio ambiente.


Para Claudir Luiz Alves, presidente do Comitê Rio Passo Fundo, o projeto é uma das experiências em educação ambiental na cidade. "O projeto está retomando as atividades e chega na sua 3ª edição com a certeza de que é uma grande ajuda na busca por compreender o papel do Comitê e, ainda, a relação da água com a sociedade”, inicia. “Também é a oportunidade de falarmos sobre o uso racional da água, tendo em vista que devemos pensar na gestão de recursos hídricos. Por fim, é válido ressaltar que a educação ambiental tem sido o carro-chefe do Comitê, através de projetos como esse. Para nós, a educação ambiental é uma ferramenta importante para falarmos de água na comunidade onde atuamos", destaca relembrando que a proposta é, também, fazer os estudantes sentirem-se responsáveis pelo cenário ambiental.


A próxima atividade, marcada para junho irá explorar os diferentes tipos de solo e como se relacionam com a água.

Gostou? Compartilhe