Sobe para 31 número de mortos em ataque em Cabul

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Pelo menos 31 pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas em um ataque suicida contra um centro de registro eleitoral no oeste de Cabul, capital do Afeganistão, informaram hoje fontes governamentais.

Um porta-voz do Ministério da Saúde Público afegão, Wahidullah Majroh, disse à Agência Efe que os hospitais de Cabul receberam 31 mortos e 54 feridos no atentado.

Um porta-voz da Polícia de Kabul, Hashmatullah Stanekzai, confirmou à Efe que sabe de 31 mortos e "mais de 50 feridos", entre eles crianças e mulheres.

"A evacuação das vítimas da cena do ataque terminou", disse o representante da Polícia.

A explosão aconteceu por volta das 10h (horário local, 2h30 em Brasília) na área de Qala-e-Nazir, quando um suicida detonou a carga entre as pessoas que aguardavam na fila para se registrar em um centro de votação, disse à Agência Efe Hashmatullah Stanekzai, porta-voz da Polícia de Kabul.

O centro de registro fica em um bairro com grande população da minoria religiosa xiita hazará, habitual alvo de atentados por parte do Estado Islâmico (EI).

O porta-voz talibã Zabihullah Mujahid escreveu no Twitter que o Emirado Islâmico, como se autodenominam os talibãs, não tem nada a ver com a explosão de hoje na capital afegã.

O processo de registro de eleitores para as eleições parlamentares começou na semana passada em Kabul como parte de um processo que continuará durante as próximas semanas.

Neste ano, a capital afegã foi alvo de vários atentados, o maior deles cometido no final de janeiro pelos talibãs com uma ambulância-bomba que explodiu em um bairro central de Kabul matando mais de cem pessoas.

Gostou? Compartilhe