1º Concurso de Júri Simulado da UPF Direito reúne 70 acadêmicos

Equipe Passo Fundo Manhã 02 venceu a disputa entre oito equipes

Por
· 1 min de leitura
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Faculdade de Direito da Universidade de Passo Fundo (FD/UPF) foi a primeira do Rio Grande do Sul a realizar um Concurso de Júri Simulado. O evento, que ocorreu de 22 a 24 de outubro, envolveu diretamente 70 acadêmicos do curso do Direito dos campi de Passo Fundo, Carazinho, Casca, Lagoa Vermelha, Sarandi e Soledade. Oito equipes disputaram a competição, quatro delas atuando na defesa e outras quatro na acusação. A equipe vencedora foi a “Passo Fundo Manhã 02”, que venceu “Sarandi”.



A competição teve três etapas. A primeira ocorreu no dia 22, com a realização de quatro júris simultâneos. No dia 23, ocorreram as semifinais, com as quatro equipes que passaram a primeira fase. A final foi realizada no dia 24 de outubro, com as duas equipes que venceram as semifinais. Os acadêmicos foram avaliados por um conselho leigo, formado por estudantes do curso de Psicologia, e outro técnico, com magistrados, promotores de justiça e criminalistas. Os júris foram realizados nas salas de aula, simulando a disposição do espaço real de um júri.

 

O evento mobilizou, além dos acadêmicos envolvidos, todo o curso do Direito. Os estudantes lotaram as salas para acompanhar os julgamentos durante os três dias de competição. “O desafio instigou os estudantes, que foram protagonistas do evento. Quando desafiamos os alunos e tornamos eles os protagonistas, o interesse é diferente. Os acadêmicos compraram a ideia e o resultado foi extraordinário”, declarou o coordenador da atividade, professor Me. Luiz Fernando Pereira Neto.

 

Os estudantes tiveram a oportunidade de colocar em prática o conhecimento que adquiriram no curso de Direito.

 

Além de aplicar o conhecimento, os acadêmicos tiveram que lidar com os medos e as ansiedades e tiveram que trabalhar em equipe. “Sem dúvida, aprendemos muito em relação ao Direito e à prática, e, principalmente, compreendemos o que fazer e não fazer antes, durante e após a disputa. Aprender a abdicar de nossos próprios medos e controlar a ansiedade foi uma das nossas maiores recompensas – e digo ‘nossas’ porque a dificuldade de cada um dos integrantes do grupo se tornava a de todos, e, juntos, um ajudava o outro a superar. Esse foi o ponto mais gratificante de todo o evento”, comentou o acadêmico.

 

As equipes campeã e vice serão premiadas com um curso EAD na área do Tribunal de Júri pela ESA e Escola de Criminalistas. O vencedor também representará a Faculdade de Direito no segundo concurso estadual, cujo campeão participará da etapa federal do evento. 

 

A competição realizada na UPF é baseada no Concurso de Júri Simulado realizado neste ano em Porto Alegre, promovido pela Escola Superior de Advocacia (ESA) da OAB/RS, do qual a FD foi uma das instituições participantes.

 

Gostou? Compartilhe