Campanha de vacinação contra sarampo inicia na próxima segunda-feira

Passo Fundo conta com 26 salas de vacinas distribuídas pelos bairros

Por
· 2 min de leitura
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Secretaria de Saúda da Prefeitura de Passo Fundo informa que na próxima semana o município adere a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. O objetivo é interromper a circulação do vírus do sarampo e proteger os grupos mais acometidos pela doença no país.

 

Diante do cenário atual toda a população deve ter seu registro de vacinação em dia conforme a faixa etária e doses recomendadas no calendário básico de vacinação do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde (PNI). É recomendado que, concomitantemente à campanha, seja atualizado a situação vacinal para o sarampo e para febre amarela, não apenas na faixa etária de campanha.

 

A população-alvo engloba crianças menores de cinco anos de idade, que apresentam maior risco de desenvolver complicações (cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos pelo sarampo) e adultos jovens na faixa etária de 20 a 29 anos de idade. A campanha, acontecerá em duas etapas:


Primeira etapa
A primeira etapa de vacinação ocorre no período de 7 a 25 de outubro, sendo a população-alvo crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias). O Dia D será em 19 de outubro.


Segunda etapa
Já a segunda etapa ocorre de 18 a 30 de novembro, sendo voltada para adultos jovens na faixa etária de 20 a 29 anos de idade. Sendo o dia D será 30/11. O Dia D será em 30 de novembro.
A ação se faz necessária frente a situação epidemiológica no Brasil e das baixas coberturas vacinais, o que reforça a necessidade da realização da campanha. Para que a meta de 95 % preconizada pelo Ministério da Saúde seja atingida, a população-alvo deverá comparecer com documento de identificação (cartão SUS/ CPF) e carteira de vacina nas unidades com sala de vacinação. Quem não tem carteira de vacina deve procurar uma unidade mesmo assim para avaliação e encaminhamentos junto a equipe de saúde.


Locais
O município conta com 26 salas de vacina. São elas: ESF Adolfo Groth; ESF Caic Edu Azambuja; Cais São Cristóvão; Cais Boqueirão; Central de Vacinas, Ambulatório Especialidades; UBS Jardim América; ESF José Alexandre Zachia; ESF Jaboticabal; Cais Petrópolis; ESF Operária; ESF Jerônimo Coelho; Cais Hípica; ESF Planaltina; ESF São Cristóvão; Ambulatório São Luiz Gonzaga; Ambulatório São José; ESF Santa Marta/ESF Donária; UBS Vila Nova; ESF Valinhos; Cais Luiza; ESF Vila Mattos; ESF Ricci; ESF Nenê Graeff; UBS Ivo Ferreira; UBS Adirbal Corralo.
Horários
Horários de atendimento nas unidades com sala de vacinas:
UBS/ESF – das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30, de segunda a sexta-feira
CAIS/Central – das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira

Gostou? Compartilhe