DAER flexibiliza horários de transporte rodoviário

Medida está prevista para evitar a propagação do vírus; linhas intermunicipais podem ser afetadas

Por
· 1 min de leitura
Cerca de 3 mil pessoas passam pelo terminal rodoviário diariamente

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Guichês quase vazios, sala de espera com poucos assentos ocupados e plataformas de embarque livres. A Rodoviária de Passo Fundo iniciou a manhã de terça-feira (17) com uma queda significativa no fluxo de passageiros que chegam ou que deixam a cidade pelo modal rodoviário coletivo.


Um dia após a suspensão da maioria das atividades acadêmicas e jurídicas no município, o temor pelo contágio de coronavírus impulsionou o envio de um ofício circular interno, expedido pelo Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens do Rio Grande do Sul (DAER/RS), autorizando a flexibilização dos horários “enquanto persistirem os efeitos do vírus”, conforme eventual queda de demanda e de tripulação nas estações concessionárias dos serviços de transporte no estado. As empresas, como argumentou a direção da Rodoviária, está avaliando a necessidade de suspender ou alterar alguns horários operados no terminal rodoviário das conexões feitas entre Passo Fundo com as cidades regionais, capital e da serra. A oferta de passagens pode ser reduzida pela metade em algumas rotas, como o trecho de deslocamento até Porto Alegre. “Estamos informando o DAER diariamente para que seja feito um acompanhamento da flexibilização porque a demanda, realmente, baixou bastante”, disse o setor administrativo, em comunicado.


Embora nenhum horário tenha sido afetado até o fechamento desta edição, a avaliação de necessidade estará a cargo das empresas de transportes rodoviários. Os impactos dessas medidas de contenção à propagação do vírus, segundo avaliou o conselho diretivo, ainda não está bem detalhado sob o ponto de vista econômico, visto que, diariamente, 1,5 mil bilhetes são comercializados nas centrais de atendimento individual e online para mais de vinte destinos.

 

Contenção

Com uma circulação diária de cerca de três mil pessoas pelo terminal rodoviário de Passo Fundo, os funcionários responsáveis pela comercialização de passagens passaram a utilizar luvas descartáveis ao manusear o dinheiro pago pelos bilhetes. Segundo a direção rodoviária, frascos de álcool em gel foram disponibilizados em pontos estratégicos e de maior aglomeração de pessoas, como guichês, salas de espera e saguão.

 

Gostou? Compartilhe