Escolas municipais podem ter Programa de Educação Fiscal

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A implantação de um Programa de Educação Fiscal nas escolas municipais foi discutida durante encontro, nesta semana, entre os secretários municipais de Educação, Edemilson Brandão, e de Finanças, Gilberto Bedin, o auditor da Receita Estadual, Rogério Biondo e o auditor fiscal da Receita Federal do Brasil, Marlon Batista Moraes. Conforme o secretário de Finanças, Gilberto Bedin, a iniciativa busca contribuir para que os alunos entendam a função do Estado e a importância dos impostos.

Além do tema ser trabalhado em sala de aula, com diferentes ferramentas pedagógicas, a ideia é criar outros meios, como concursos com premiações, para incentivar o interesse e a compreensão deste tema. “Queremos levar informação simplificada sobre a origem e o destino dos recursos públicos”, ressaltou Bedin. O secretário explica, ainda, que os professores serão capacitados para trabalhar com a Educação Fiscal em todas as disciplinas escolares. Temas como orçamento público, ingresso de receitas, despesa pública e fiscalização do Estado farão parte da rotina dos estudantes.

Gostou? Compartilhe