Necrologia: Alberi Falkembach Ribeiro

Advogado foi professor universitário, secretário municipal e atleta do S.C. Gaúcho

Por
· 1 min de leitura
Alberi Falkembach Ribeiro estava com 81 anos

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Morreu, aos 81 anos, no final da tarde de domingo, 27, o advogado Alberi Falkembach Ribeiro. Natural da localidade de Três Passos, interior de Marau, muito jovem chegou ao internato do Instituto Educacional – IE – de Passo Fundo. Graduado em Direito, logo assumiu a cadeira de Processo Civil na Faculdade de Direito da Universidade de Passo Fundo. Jubilado há muitos anos pela UPF, Alberi mantinha um dos mais tradicionais escritórios de advocacia da região. Sua atuação junto à comunidade foi ampla e nos mais diversos segmentos. Ribeiro destacou-se como atleta do Sport Clube Gaúcho, nos anos 1956 e 1957, foi secretário municipal, atuou junto à Reitoria da UPF e era integrante e grande incentivador do Instituto Histórico de Passo Fundo. Associado ao Hospital da Cidade desde 1985, Alberi Ribeiro integrava o Conselho Administrativo do HC. Ainda era o vice-presidente do Conselho Deliberativo do Sport Clube Gaúcho. Ele deixa a esposa, Maria Elisa Della Mea Ribeiro e os filhos André Della Mea Ribeiro e Daniel Della Mea Ribeiro.

IE e UPF

“Fomos contemporâneos no IE”, recorda o professor Dárcio Vieira Marques. Sobre Alberi, disse que “era um dos nossos decanos da advocacia. Formado há, aproximadamente, 60 anos, sempre estava trabalhando. Era um advogado até a medula, não tinha sábado ou domingo, pois vivia sempre a advocacia”, completou. Dárcio ainda destacou que Alberi trabalhou muito anos ao lado do saudoso professor Murilo Coutinho Annes, a quem acompanhou quando foi reitor da UPF. “Ele foi ajudante de escrivão no Fórum e um dos secretários do prefeito Mário Menegaz”, concluiu Vieira Marques.

 

SC Gaúcho
“Ele veio estudar no IE em Passo Fundo, onde jogava futebol. Então o levei para o Gaúcho”, contou emocionado o empresário e ex jogador Branco Ughini, que também foi seu colega no Direito. “Na formação daquela época, eu era o centromédio e ele um meia esquerda. Era um jogador muito bom de bola. Tinha dribles rápidos, enganava o marcador com a bola e sempre ficava com ela”, concluiu Branco Ughini. O Sport Clube Gaúcho também presta homenagens a Alberi Ribeiro. “No próximo jogo (quarta ou quinta-feira), além de respeitarmos um minuto de silêncio, nossa equipe entrará em campo com uma faixa preto no braço em homenagem ao Doutor Alberi”, adiantou o presidente do clube, Augusto Ricardo Ghion Júnior.

 

Gostou? Compartilhe