21ª Expodireto Cotrijal é lançada com a presença do governador

A feira ocorrerá entre os dias 2 e 6 de março, em Não-Me-Toque

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Tradicional feira do agronegócio brasileiro, a Expodireto Cotrijal ocorrerá entre os dias 2 e 6 de março, em Não-Me-Toque, e deve atrair mais de 260 mil visitantes. O governador Eduardo Leite prestigiou, na manhã desta terça-feira (3), o lançamento da feira, no Hotel Plaza São Rafael, na capital.

A Expodireto Cotrijal é reconhecida como uma feira que reúne novidades das áreas de máquinas e implementos agrícolas, produção vegetal e animal e serviços, facilitando o acesso ao produtor. Em 98 hectares, também aproxima empresas estrangeiras e brasileiras, por meio da Área Internacional, e discute temas de interesse do setor, com fóruns e palestras em dois auditórios.

O governador ressaltou que a feira é uma oportunidade de atrair visitantes e investidores ao Estado. “Estamos trabalhando para deixar o RS mais atraente aos negócios e para aumentar a competitividade perante outros Estados. Estamos em vias de concluir o processo de privatização de estatais, lançamos um novo Código Ambiental, menos burocrático, aprovamos reformas na máquina pública e estamos reduzindo custos logísticos e tributários e burocracia”, reforçou Leite.

Entre as novidades de 2020, está a Arena Agrodigital, espaço dedicado às tecnologias digitais que têm transformado a forma do agricultor trabalhar e buscar resultados. São 1,6 mil metros quadrados reunindo 22 grandes empresas e 15 startups do agro mundial. O presidente Nei César Mânica destacou a importância da inovação e da tecnologia estarem aliadas ao setor. “É um espaço inovador, que trará mais visibilidade à Expodireto. Poderemos trazer tecnologia, inovação e startups e, junto ao governo, trabalhar para reposicionar e ser um Estado de ponta no Brasil no que diz respeito à inovação e à pesquisa aqui desenvolvida”, argumentou.

Para o governador, além de promover o uso de tecnologia para alcançar maior produtividade das culturas, a feira pode ser uma ponte para que novas tecnologias sejam desenvolvidas no RS, com apoio e convergência entre as universidades, a iniciativa privada e o poder público. “Somos referência em agrotech e queremos aproveitar ainda mais essa expertise para gerar investimentos na nova economia”.

Em 2019, a Expodireto contou com a participação de 70 países, de 268 mil visitantes e de 534 expositores, movimentando R$ 2,4 bilhões em negócios. A expectativa é de que o evento deste ano reúna, novamente, mais de 530 expositores.

Os secretários Covatti Filho (Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural), Juvir Costella (Logística e Transportes), Claudio Gastal (Governança e Gestão Estratégica) e Ana Amélia Lemos (Relações Federativas e Internacionais) também compareceram à solenidade de lançamento.

Gostou? Compartilhe