Serviço gratuito de declaração do Imposto de Renda será disponibilizado à comunidade

O trabalho será feito por acadêmicos do curso de Ciências Contábeis, que esclarecerão dúvidas, e pelos professores que atuam no projeto.

Por
· 1 min de leitura
Serviço estará disponível à comunidade a partir do dia 8 de março

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativa e Contábeis da Universidade de Passo Fundo (Feac/UPF), por meio do projeto de extensão Núcleo de Apoio Fiscal e Contábil (NAF), criado em parceria com a Receita Federal, realizará a partir do dia 8 de março, as declarações do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) da comunidade acadêmica e geral, com rendimento bruto anual até R$ 50 mil. O trabalho, gratuito, será feito por acadêmicos do curso de Ciências Contábeis, que esclarecerão dúvidas, e pelos professores que atuam no projeto.

O atendimento no Campus I ocorrerá todas as sextas-feiras à tarde, até o dia 27 de abril, das 14h às 18h, e nos sábados pela manhã das 8h30min às 11h30min, na sala de extensão da Feac – prédio B6. Nos campi os atendimentos serão realizados sempre à tarde, nos seguintes dias e horários: Carazinho – quarta-feira das 14h às 17h30min; Sarandi – segunda-feira das 14h30min às 17h30min; e Casca – quinta-feira, das 15h às 18h30min. 

 

Para a realização da declaração de pessoa física, o contribuinte deverá portar: a declaração de Imposto de Renda do ano anterior (caso tenha declarado) e comprovante de rendimento emitido pela empresa, ou para autônomos (comprovante de recebimento de aluguéis, recibos emitidos a pessoa física). É importante também apresentar extratos bancários para fins de imposto de renda, comprovantes de despesas médicas e instrução (pessoal e dos dependentes), além dos demais documentos pessoais, como CPF, título de eleitor e comprovante de endereço, dos dependentes de qualquer idade é necessário CPF.   

Além desta mudança, alguns campos foram criados no novo programa, como informações de data de aquisição do imóvel e sua área, número de registro no cartório, para os veículos é necessário número do Renavam e CNPJ das contas correntes bancárias e aplicações financeiras, com valor superior a R$ 140,00. A lista com a relação de documentos necessários pode ser acessada aqui. 

É obrigado declarar o imposto o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70, ou com rendimentos isentos, acima de R$ 40 mil; obteve lucro na venda de bens ou direitos sujeitos à incidência de imposto de renda ou optou pela isenção do IR incidente sobre o ganho de capital; tinha bens e direitos em 31 de dezembro de 2018, inclusive terra nua, de valor total superior a 300 mil reais.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3316-8240 ou pelo e-mail mirna@upf.br.

Gostou? Compartilhe