Seguro-desemprego pode ser encaminhado pela internet

As Agências FGTAS/Sine estão fechadas devido aos decretos que o governo do Estado publicou em razão do enfrentamento ao coronavírus

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

As Agências FGTAS/Sine estão fechadas devido aos decretos que o governo do Estado publicou em razão do enfrentamento ao coronavírus. Para encaminhar o benefício do seguro-desemprego, cadastrar recurso e acompanhar o requerimento desde a habilitação até o pagamento das parcelas, o trabalhador pode usar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital no celular (aba benefícios) ou o site www.gov.br. Em caso de dúvida, é possível buscar orientação por telefone nas Agências FGTAS/Sine (ver relação ao final).

O trabalhador pode realizar o encaminhamento do benefício seguro-desemprego pela internet após sete dias da dispensa, por meio do Aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. Tendo acesso à conta, é preciso clicar em “Solicitar Seguro-Desemprego” e informar o número do requerimento que está no comunicado de dispensa. Em seguida, confirmar a solicitação e obter um comprovante ao final do processo.

Se a solicitação on-line for concedida automaticamente, receberá a informação de que a emissão das parcelas acontecerá em 30 dias contados a partir da data de liberação pelo sistema. Caso ocorram problemas no encaminhamento do seguro-desemprego on-line, é preciso entrar em contato por meio do telefone 158. Se o sistema acusar alguma necessidade de validar a documentação ou erro, o cidadão deve enviar e-mail para fgtas@fgtas.rs.gov.br.

Gostou? Compartilhe