Vírus da gripe H3N2 é sazonal

A confirmação de um caso de gripe H3N2 dentre as amostras de Passo Fundo colocou população em alerta, mas vírus é sazonal e não tem a força do H1N1

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Apesar de se tratar de um tipo de gripe A, a H3N2 é uma gripe sazonal e que não apresenta os mesmos riscos da H1N1. A divulgação sobre a confirmação de um caso de H3N2 dentre as amostras enviadas por Passo Fundo para o Laboratório Central em Porto Alegre causou certo alerta entre a população. Porém, conforme esclarece o coordenador regional de Saúde, Luiz Fabrício Scheis, foram encaminhadas diversas amostras para análise e dentre elas foi detectado o vírus H3N2. “Houve confirmação de um caso de H3N2, mas não é H1N1. A H3N2 é uma gripe também sazonal comum para a época do ano. Foram encaminhadas cerca de 30 amostras para o Laboratório Central em Porto Alegre e essa H3N2 foi detectada entre essas amostras, mas não é H1N1, só é gripe A”, salienta.

Dados nacionais

De 1º de janeiro a 12 de maio de 2013, foram notificados 4.713 casos hospitalizados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), destes 388 casos foram confirmados para o vírus Influenza A(H1N1). No mesmo período deste ano, foram confirmados 391 óbitos por SRAG, sendo 61 por A(H1N1). Durante o ano de 2012, foram registrados 20.539 casos da SRAG, sendo confirmados 2.614 para A (H1N1). No ano passado, foram contabilizadas 1.931 mortes, sendo 351 pelo vírus pandêmico.

O balanço nacional aponta que foi superada a meta da 15ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Até o dia 20 de maio foram vacinadas 32,4 milhões de pessoas em todo o Brasil. O número representa uma cobertura de 83,7% do público alvo, excluídas as doses aplicadas em doentes crônicos e pessoas privadas de liberdade. A meta era vacinar 80%, de um total de 39,2 milhões.

Entenda a diferença entre as gripes

Conforme o vice-diretor médico do Hospital São Vicente de Paulo e coordenador da emergência, existem diferenças entre os dois tipos de gripe. Confira.

H1N1 – Influenza A H1N1 (pandêmica 2009). Esse vírus causou uma pandemia mundial no ano de 2009. Os vírus do tipo A tem grande capacidade de mutação genética, podendo gerar surtos em nível mundial.

H3N2 – Influenza A sazonal H3N2. Não provoca pandemias. O número de casos é esperado para a época de sazonalidade, que no Brasil é nos meses de outono e inverno.

Vacina contra gripe 2013 – Proporciona proteção contra os três principais vírus que circularam no último inverno, como Influenza A H1N1 (pandêmica 2009), Influenza A sazonal H3N2 e Influenza B sazonal.

 

 

Gostou? Compartilhe