UPF manterá as aulas em modelo híbrido até o final do ano

A decisão vale para a graduação e pós-graduação, o Integrado UPF aguarda a deliberação do COE Municipal para definir o retorno gradual

Por
· 1 min de leitura
 (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Você prefere ouvir essa matéria?

A Universidade de Passo Fundo (UPF) comunicou nesta tarde (07) a decisão de manter as atividades acadêmicas de graduação e pós-graduação no modelo híbrido até o final de 2020. A decisão está de acordo com as definições do Centro de Operação e Emergência em Saúde para a Educação (COE) da Fundação Universidade de Passo Fundo (FUPF), de acordo com a nota divulgada pela instituição.

Dessa forma, as disciplinas teóricas seguem na modalidade do ensino remoto emergencial, com interação on-line síncrona e assíncrona por meio de ambiente virtual de aprendizagem. As atividades práticas, consideradas essenciais à formação, têm a realização presencial organizada de acordo com o plano de atividades elaborado por cada curso e em execução, conforme normas já definidas.

O comunicado ressalta que a UPF "busca atender às demandas da comunidade acadêmica, em permanente observância aos protocolos de saúde, para manutenção de um ambiente seguro e adequado à realização das atividades neste período em que a crise pandêmica e sanitária ainda requer cuidados e atenção".

As aulas da UPF Idiomas também seguem de forma remota. Em relação ao Centro de Ensino Médio Integrado UPF, a instituição informa que aguarda deliberação do COE Municipal para definir o retorno gradual às atividades. 

Gostou? Compartilhe