O Candidato Honesto

Longa brasileiro estrelado por Leandro Hassum é a melhor bilheteria nacional em 2014 e chega a Passo Fundo nessa quinta-feira

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

João Ernesto Praxedes é um político corrupto, candidato à presidência da República. Ele está no segundo turno das eleições, à frente nas pesquisas. A história muda quando recebe uma mandinga da avó que o obriga a falar a verdade. A questão que fica é: como vencer uma eleição falando apenas a verdade?

Na semana em que os dois candidatos à presidência da República se enfrentam exatamente pelo segundo turno no Brasil, chega a Passo Fundo o longa O Candidato Honesto que, estrelado por Leandro Hassum, é a aposta do cinema nacional para o ano de 2014. A média de público da comédia é, até agora, de 556 pessoas por cinema no final de semana o que significa que O Candidato Honesto fica atrás apenas do terror de Anabelle. Se o objetivo é ir ao cinema pela diversão, o longa cumpre muito bem o seu papel. E isso, diga-se de passagem, não é mérito apenas de Hassum: a história causa identificação imediata e esse é o primeiro passo para a identificação do público. O sucesso se concretiza a partir do momento em que o personagem não consegue mais mentir.

Ao lado de Hassum, Luiza Valdetaro e Flávia Garrafa. Enquanto Luiza interpreta a jornalista que se envolve com o presidenciável, Flávia dá vida à esposa do protagonista. No time masculino do elenco, Victor Leal é o assessor de João Ernesto e Luís Lobianco um deputado corrupto da ala evangélica. OS personagens caricatos, as atitudes exageradas e a interpretação irônica são os ingredientes que foram capazes de alavancar a bilheteria da produção nacional e foi avaliado como a maior abertura de 2014: foram 435 mil espectadores entre quinta e domingo, 02 a 05 de outubro – final de semana de eleições, coincidentemente. Ainda que simples e despretensioso, o longa do diretor Roberto Santucci é fiel à proposta de diversão e, de quebra, consegue criticar a política do país sem poupar a esquerda ou a direita.

Lançado em 538 salas do circuito nacional, o filme é uma coprodução da Paramount com distribuição da Downtown Filmes e Paris Filmes e se destaca, também, pela divulgação nas redes sociais: com quase 200 mil seguidores, as publicações recebem compartilhamentos e curtidas diárias o que confirma que a parceria entre ator, diretor e roteirista Paulo Cursino, responsáveis pela franquia de sucesso Até que a Sorte nos Separe, dá certo. Livremente inspirado em O Mentiroso, de Jim Carrey, o longa usa como arma a comédia e aborda, de forma até profunda, questões políticas e a culpa de um sistema. Em cartaz no cine 2 do Bella Città, O Candidato Honesto está disponível nos horários das 13h30, 15h30, 17h30, 19h30 e 21h30.

 

Gostou? Compartilhe