Em três anos, 316 espetáculos

Desde que recebeu a reforma, o Teatro Municipal recebeu mais de 26 mil espectadores

Escrito por
,
em
A estrutura externa e interna do Teatro foi totalmente restaurada

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

No mês de maio de 2015 a tão esperada reforma no Teatro Municipal Múcio de Castro pode ser conhecida pela população de Passo Fundo com a entrega das obras e reinauguração do espaço proporcionada pela Prefeitura de Passo Fundo. Além do aspecto externo, com nova pintura nas cores originais do prédio, internamente as mudanças no Teatro contaram com a substituição completa dos carpetes, poltronas e cortinas, criação de antecâmaras, implementação de sistema de condicionamento de ar, novos banheiros, e ampliação da parte posterior para melhorar o acesso dos camarins ao palco, que foram também recuperados e ampliados. A acessibilidade também foi considerada em toda estrutura, com base no direito universal de acesso aos estabelecimentos públicos. Tudo isso transformou o Teatro num local ainda mais apropriado para eventos, papel que vem cumprindo deste então.

 

A prova disso pode ser apresentada em números: de maio de 2015 até abril de 2018 o palco do Teatro Municipal Múcio de Castro já recebeu 316 espetáculos e um público de 26.487 pessoas. “Passo Fundo tem vivido realmente uma nova fase no setor cultural da cidade. Isso se deve ao empenho de todos: artistas, promotores de eventos, Conselho de Cultura através das setoriais e o governo do prefeito Luciano que ao longo desse período elaborou e aprovou um Plano Municipal de Cultura, mantém um fundo ativo e trabalha na ampliação das ações culturais durante todo o ano”, ressalta o secretário de Cultura, Pedro Almeida.

 

Cultura não para por aí
Além das atividades no Teatro, a Prefeitura de Passo Fundo vem investindo numa série de outras atividades culturais. Somente nos primeiros quatro meses deste ano diversas atividades foram promovidas. São elas: o Primeiro Carnaval Popular e Carnaval Infantil, a 3ª edição do Música na Praça – em três anos de projeto já foram 180 shows realizados, o primeiro Edital de Arte Urbana contemplando seis projetos a serem desenvolvidos ao longo deste ano e o Prêmio Funcultura que premiou 24 iniciativas, sendo oito por edição.

 

Para 2018 ainda existe a previsão do projeto Prisma – Estação Cultural do Parque da Gare, no qual a Prefeitura de Passo Fundo, através da Secretaria de Cultura vem trabalhando fortemente, projeto este que conta com a curadoria da professora doutora Tania Rösing. Fazem ainda parte do cronograma de atividades da secretaria e da administração municipal a busca de recursos para eventos culturais, como é o caso da Feira do Livro, prevista para o mês de novembro, o Festival de Folclore (em agosto), também confirmado para este ano, e a Cantata Natalina.

 

Também ainda estão previstos outros eventos para este ano, como 3º Canto Galponeiro (em outubro), o 2º Encontro de Etnias (em junho), a Mostra da Cultura Gaúcha (em setembro), o Rodeio de Passo Fundo (em dezembro), a Semana do Município (em agosto) e o Boqueirão Legal (em dezembro).


Cultura e saúde
Uma das grandes novidades para este ano é a perspectiva de um novo edital, que deverá ser o maior já realizado pelo município nos últimos anos, promovendo ações que unam Educação, Cultura e Saúde.

Gostou? Compartilhe