Que tal um pouco de arte?

Programação semanal apresenta ótimas opções para sair da rotina, apreciar iniciativas culturais e fomentar a economia solidária

Escrito por
,
em
Oswaldir e Quinteto Nativo promove lançamento de novo álbum em jantar baile, nesta sexta-feira

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Peça “O bilhete”

De repente, milhões no banco e uma vida para recomeçar. Quem nunca sonhou com uma grande mudança na rotina, jogar os problemas no lixo e aproveitar o luxo daquilo que é possível comprar? Mas o dinheiro não traz somente a felicidade. Com o poder nas mãos, o caráter pode tomar outras formas, antigas angústias surgirem à tona e o essencial escapar do alcance de quem o procura. São a partir destes embates que o Grupo Timbre de Galo apresenta “O Bilhete”, história inspirada no conto “O Bilhete Premiado”, de Anton Tchekhov. A peça teatral tem sessão com classificação livre neste domingo (10), às 20h, no Teatro Municipal Múcio de Castro (Avenida Brasil Oeste, 792). Ingressos na entrada: R$ 30 (inteiro) e R$ 15 (meia-entrada).

Feira de Economia Solidária

Neste domingo (10), a partir das 15h, a Casa de Cultura Vaca Profana (Rua Paissandú, 180) serve de lar para a Feira de Economia Solidária: equidade de gênero e geração de renda. O evento possibilita a compreensão de outras formas de se relacionar com a economia (por autonomia, autogestão e solidariedade entre os empreendedores, de modo a possibilitar a geração de renda por vias não precarizadas de trabalho), em uma visão que vai além do lucro pessoal e pensa no benefício da comunidade e da natureza. Além disso, a atividade inclui bate papo sobre Protagonismo Feminino e a Geração de Renda através da Economia Solidária, exibição do documentário curta-metragem “Sementes” e venda de comidas, artesanatos, fotos, ilustrações, artes e roupas de brechó. Como não poderia ser diferente, é também uma oportunidade de trocar experiências e incentivar o comércio local. A feira é uma parceria da Vaca com o projeto Economia Solidária e Equidade de Gênero da Universidade de Passo Fundo, o Fórum de Economia Solidária do Município de Passo Fundo e Empreendimentos de economia solidária em Passo Fundo. A entrada é gratuita.

Peça "Alice: Além da toca do coelho"

Inspirada na obra “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Caroll, a peça “Alice: Além da toca do coelho” conta a história da personagem que dá nome à história e que, após cair em um buraco perseguindo um coelho branco, descobre um novo mundo, com chapeleiro maluco, lebre de março e Rainha de Copas. Neste país tão diferente, Alice se depara com questionamentos filosóficos que a transformam como pessoa, deixando-a ainda mais curiosa. A apresentação do grupo porto-alegrense, com trabalho voltado ao público infantil, acontece no Teatro do Sesc Passo Fundo (Avenida Brasil, 30) nesta quarta-feira (13), às 10h e às 15h. Escolas públicas podem agendar participação gratuita diretamente no Sesc local ou no telefone (54) 3313-4318.

Acústicos RS

A terceira edição do projeto “Acústicos RS”, que leva shows gratuitos a cidades gaúchas, chega a Passo Fundo nesta sexta-feira (15). O evento acontece no Centro de Eventos Notre Dame (Rua Morom, 2255), com apresentações de Juliano Barreto, às 20h, e da banda Chimarruts, às 21h30min. Os ingressos serão distribuídos através de senhas na quinta-feira (14), das 13h às 19h, no local dos shows. Caso ainda tenham ingressos disponíveis, serão distribuídas as senhas restantes no do evento a partir das 18h. Serão disponibilizados somente dois ingressos por CPF.  O projeto tem financiamento do Pró-Cultura RS - Lei de Incentivo à Cultura.

Oswaldir e Quinteto Nativo

Depois de 32 anos, a dupla Oswaldir Souto e Carlos Magrão segue agora rumos diferentes. A experiência conquistada ao longo da carreira serve de combustível para Oswaldir em seu novo projeto, junto ao Quinteto Nativo. Para lançar oficialmente o primeiro álbum, intitulado “Gaúcho em qualquer chão”, o grupo promove nesta sexta-feira (15) um jantar baile no CTG Lalau Miranda (Rua Uruguai, 11). O jantar será servido a partir das 21h, pela Equipe Sipriani; o show acontece às 23h, com Oswaldir e Quinteto Nativo; e a partir da 1h o baile fica por conta do grupo Chama Campeira. Ingressos nos locais: Point Horse, secretaria do CTG Lalau Miranda, portaria da Rádio Planalto e DKS Produções e Eventos. A banda conta com Oswaldir na voz e violão, Luiz Escobar no vocal e baixo, Pedro Almeida na voz e percussão, Jauro Von Gehlen na voz e acordeom e Rafael Terres e Glenio Vieira no violão.

Exposição

Para quem gosta de fotografar, o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider, o Museu Histórico Regional e o Museu Zoobotânico Augusto Ruschi têm um convite especial: os três museus foram selecionados no programa da Caixa Econômica Federal de Apoio ao Patrimônio Cultural Brasileiro 2017/2018, com o Projeto “Rio Passo Fundo: patrimônio paisagístico, natural, ambiental, histórico-cultural, econômico e político”, que visa a criação e construção de um banco de dados, exposições e ações educativas sobre a Bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo e os 30 municípios que a compõem. Dentro das ações do projeto, será montada em uma das salas expositivas do MHR uma exposição com fotografias representativas do Rio e seus usos. Para tanto, os museus convidam a participar desta ação todos que tiverem imagens do Rio Passo Fundo, através do empréstimo ou doação de fotografias. As imagens podem ser enviadas pelo e-mail mhr@upf.br ou entregues no MHR (Avenida Brasil Oeste, 758). Informações através do telefone (54) 3316-8586.

Gostou? Compartilhe