Em nome da revolução

Premiado no 37º no Festival de Cinema de Gramado, Em teu nome estreia em Passo Fundo em duas sessões especiais dentro da programação da Mostra Goio-En Vídeo

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Segundo ON
     Mais um filme brasileiro sobre ditadura é justamente aquilo que Em teu nome não é. Nem de longe o filme se resume a isso, pois na história quase real exposta na tela, o foco não é o governo, os conflitos, a prisão ou a tortura, mas sim a falta que alguém faz. Uma história de amor em tempos de chumbo, que demonstra em sutis passagens a gratidão sincera que uma vítima do exílio forçado passa a oferecer ao mundo que o acolhe de braços abertos, sem jamais esquecer do filho ainda bebê que apenas num futuro distante vai compreender por que não viu seu pai por tanto tempo. Dirigido por Paulo Nascimento e premiado no Festival de Cinema de Gramado de 2009, Em teu nome é a grande atração da Mostra Goio-En Vídeo na programação da semana que vem.

    Com edição descentralizada, o evento promovido pela Secretaria Municipal de Desporto e Cultura vem realizando atividades variadas ao longo dos últimos meses, e ganha um de seus pontos altos nos próximos dias 10 e 11 de novembro, com as duas sessões especiais do longa no Teatro Múcio de Castro a partir das 19h30. Apesar de se passar durante a ditadura militar no Brasil, o filme que rendeu um Kikito de Ouro ao ator Leonardo Machado transforma os acontecimentos da época em pano de fundo para a história real de um casal de gaúchos envolvidos com movimentos subversivos que acabaram cruzando o mundo em busca de paz e um retorno seguro à própria pátria. “A ideia de se distanciar desse padrão de filmes que retratam a ditadura partindo de uma história de amor foi o que fez de Em teu nome uma obra original”, explica o próprio diretor.

    Um dos pontos interessantes da produção é que ela se baseia no livro autobiográfico do passo-fundense João Carlos Bona Garcia. “Sinto alegria, gratidão e uma emoção fortíssima, principalmente pelas pessoas daquela época que estão por aí hoje e por aquelas que não puderam sobreviver. Acredito que aquele que bate procura esquecer, mas aquele que apanha não esquece”, declara Bona, em referência aos inúmeros episódios de tortura a que foi submetido em sua jornada de luta e combate ao regime militar. Apesar de comentada, a mostra ainda não confirmou a vinda do diretor Paulo Nascimento para as sessões em Passo Fundo. Além da exibição de Em teu nome na próxima semana, a Mostra Goio-En Vídeo conta ainda com uma sessão do documentário Terra Deu Terra Come, vencedor do Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade, com exibição marcada para 17 de novembro. Todas as atividades são gratuitas.

Gostou? Compartilhe