Para Sempre Nunca Mais pelo mundo

Filme protagonizado pelo ator passo-fundense Emiliano Ruschel passeia pelos festivais de cinema do mundo

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Ambientado na Revolução Constitucionalista de 1932, o longa conta a história de Luiza, interpretada por Larissa Vereza, uma camponesa casada com um impetuoso e dominador colono italiano, Domingos Miguiare Rosso, personagem de Emiliano Ruschel. Luiza, vive um amor proibido com Quim, - interpretado por Bruno Dubeux- soldado da revolução enviado ao front de batalha. Cheia de reviravoltas dramáticas a trama desemboca na revelação de um grande segredo capaz de transformar a vida de todos. “Foi uma experiência inesquecível. A gente sempre entra num novo universo a cada personagem. Esse me resgatou da cidade e me levou pro campo, para as raízes italianas da família da minha mãe”, lembra Emiliano. Na última semana, o longa foi exibido no Festival Internacional de Cinema de Madrid, na Espanha, onde a obra estava indicada como Melhor Filme Estrangeiro. Além dele, Para Sempre Nunca Mais, ganhou uma menção honrosa no Boston International Film Festival, Indie Spirit Award (excelência na realização de um filme independente) realizado nos Estados Unidos. O longa-metragem teve sete indicações mais o prêmio Indie Spirit, o que consagra o filme como o de maior número de nomeações no festival internaciona - incluindo a indicação de melhor ator para Emiliano Ruschel e Larissa Vereza. Em Bogotá, no Festival de La Luz, Ricardo Rheingantz, diretor de fotografia do filme ganhou, entre 15 concorrentes do mundo todo, “Melhor Direção de Fotografia” . O filme também foi exibido no Ischia Filme Festival na Itália.

Gostou? Compartilhe