Trio mostra música regional brasileira no Uruguai

Ricardo Pacheco, Eliezer Machado e Marcelo Pimentel fazem show hoje no Criolla Del Prado

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A terra do candombe (ritmo uruguaio) é o destino dos músicos Ricardo Pacheco, Marcelo Pimentel e Eliezer Machado, neste final de semana. O trio participa, pela primeira vez, da tradicional Criolla Del Prado, em Montevidéu. Realizada desde 1925, a festa é considerada o maior rodeio do país. São sete dias de provas campeiras, apresentações artísticas, shows, espetáculos infantis, feiras artesanais, e gastronomia típica.

 A 88ª edição iniciou no dia 24 de março e termina no domingo de Páscoa. O show do trio está marcado para hoje à noite (sexta-feira), com duração de aproximadamente 30 minutos. Para poder mostrar ao público uruguaio  um apanhado de canções que traduzem o universo do regional brasileiro, os músicos farão um pout-pourri de algumas delas. O repertório inclui obras conhecidas dos passo-fundenses como Clariô e Negro Coração, de Raul Boeira e Alegre Corrêa e  Mudança, do próprio Ricardo Pacheco em parceria com Caetano Silveira. Considerada clássico da música gaúcha missioneira Canto dos Livres, de Cenair Maicá, terá uma versão em espanhol. Adaptação feita por Pacheco e o músico uruguaio Edgardo Muscarelli,  que também é o diretor artístico do evento.

Segundo Pacheco, foi  justamente a partir da interpretação desta canção que surgiu o convite para participar da Criolla. “Em 2011 o Edgardo me viu cantando na Feira do Livro de Bento Gonçalves e falou sobre a possibilidade de participarmos do evento. Fomos mantendo contato e este ano estaremos lá” comenta.

Parceiros de longa data, a formação do trio para a apresentação no Uruguai é inédita. Pacheco (voz e violão) estará acompanhado de Marcelo Pimentel (percussão) e Eliezer Machado (percussão e baixo).

Gostou? Compartilhe