Livros na praça e atrações nas redes sociais

Com formato híbrido, 34ª Feira do Livro começa hoje

Por
· 2 min de leitura
Os livros serão distribuídos nas bancas na manhã desta quarta-feira (2)Os livros serão distribuídos nas bancas na manhã desta quarta-feira (2)
Os livros serão distribuídos nas bancas na manhã desta quarta-feira (2)
Você prefere ouvir essa matéria?

A 34ª edição da Feira do Livro, tradicional evento da cidade, que anualmente reúne milhares de leitores com suas atrações, terá início nesta quarta-feira (2), e conta com diversas adaptações, devido a pandemia. A Feira será realizada em formato híbrido, com as bancas de livros instaladas na Praça Marechal Floriano - mais conhecida como Praça da Cuia -, e o restante das atrações ocorrendo no ambiente virtual. O evento, que costumava contar com cerca de dez dias de programação, terá apenas cinco, de 2 a 6 de dezembro.

Além do menor número de dias, a quantidade de bancas de livros também sofreu redução. Na edição de 2020 da Feira do Livro, serão instaladas apenas quatro bancas, que contam com os protocolos de distanciamento e higienização contra o novo coronavírus. Elas funcionarão das 13h às 19h. Com menos livros disponíveis, a Feira irá focar sua programação em atividades culturais com autores, artistas e instituições de Passo Fundo, região e outros estados. “Cada atração da programação terá em torno de 40 minutos. Já o lançamento de livros terá duas horas”, aponta a coordenadora da Feira, Silvana Rovani. As atividades virtuais serão transmitidas gratuitamente através das redes sociais da Feira do Livro, como o Facebook, YouTube e Instagram, e ocorrerão das 9h às 21h.


Programação

Dentre as instituições que farão parte da programação do evento, estão a Academia Passo-Fundense de Letras (APL), o Instituto Histórico de Passo Fundo (IHPF) e a Sociedade dos Poetas Vivos (SPV). Além delas, a Feira do Livro terá a presença de autores e demais artistas, realizando bate-papos, contações de histórias e atrações musicais. Dentre eles, estão presentes convidados como os autores, Eduardo Bueno (Peninha), Pedro Bandeira e Letícia Wierzchowski, e grupos artísticos como o LiteraMúsica. De acordo com Silvana, o maior desafio de montar a programação do evento, em meio às dificuldades impostas, foi o aprendizado e a reinvenção. “Estamos tendo que aprender sobre a plataforma online para montar tudo na feira, além de usarmos muito a imaginação, criatividade e amor no coração”, comenta.


Público

Apesar das restrições trazidas pela pandemia, Rovani indica que o fato desta edição da Feira não conter barreiras físicas pode fazer com que um novo público acompanhe o evento. “É um momento muito importante, eu acredito que vamos poder acessar mais pessoas do que nas outras vezes, porque a Feira do Livro até então era somente para quem estava presente no local, e agora não”, afirma. Silvana ainda acrescenta que já teve o retorno de pessoas de outros países, como a Austrália, que estarão acompanhando a programação. “Então [a Feira] não vai mais ser regional, vai ser internacional. Isso também está dando um ânimo para nós”, reforça a organizadora.


A leitura em meio à pandemia

Com os índices da pandemia agravando-se no Rio Grande do Sul, é possível que a população retorne para um período de maiores restrições e isolamento. Com isso, segundo Silvana, a leitura ganha um papel especial. “O livro pode ser, com certeza, o remédio para as pessoas poderem encontrar um alívio, poderem viajar, dar risada com uma obra, um empreendedor pegar um livro e aprender algo para se reinventar, a criança pegar o livro e dar uma boa distraída para não sentir tanto a falta dos colegas”, ressalta. O benefício para a saúde mental que a leitura proporciona foi uma das razões pelas quais as bancas foram instaladas na Praça Central da cidade. “Por isso estamos fazendo todo esse sacrifício para coletar o livro na praça, para que as pessoas possam ter esse momento literário, que também é uma terapia para elas”.


Acompanhe a 34ª Feira do Livro

• facebook.com/FeiradoLivroPF

• YouTube: Feira do Livro de Passo Fundo

• instagram.com/feiradolivropf

Gostou? Compartilhe