SES lança cartilha com protocolos sanitários para o período eleitoral

As medidas e ações devem prioritariamente evitar aglomeração, contatos físicos e aumento do fluxo de pessoas em ambientes fechados

Por
· 1 min de leitura
(Foto: Arquivo/ON)(Foto: Arquivo/ON)
(Foto: Arquivo/ON)

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Secretaria da Saúde (SES) produziu uma cartilha com orientações para controle e prevenção da Covid-19 durante a campanha eleitoral. As recomendações têm objetivo de apoiar o processo, garantindo boas práticas e cuidados sanitários para a população. Seguem aplicadas neste período todas as normas permanentes do modelo de Distanciamento Controlado do governo do Estado.

As medidas e ações devem prioritariamente evitar aglomeração, contatos físicos e aumento do fluxo de pessoas, em especial, em ambientes fechados. Recomenda-se também o uso de máscara e a exigência da proteção por parceiros ou colaboradores, além de cuidados quanto à higienização das mãos e de objetos.

As atividades de carreatas, bandeiraços, caminhadas e visitas devem ser evitadas. Caso forem realizadas, devem ser observados os protocolos previstos na Portaria SES Nº 617/2020, se evitando aglomeração e sendo mantido o distanciamento e a demarcação do espaço. Os veículos não devem circular com a lotação máxima, e a organização deve prever que os indivíduos não saiam dos automóveis no percurso, evitando circulação.

A mesma portaria também trata de eventos como reuniões e comícios, quando se sugere respeitar as orientações para situações comparáveis, como lojas, restaurantes, instituições de ensino ou eventos corporativos. Por isso, devem ser garantidas as recomendações do Distanciamento Controlado, incluído a observação do número máximo de pessoas por ambientes.

O distanciamento deve ser respeitado, considerando-se um metro para pessoas com o uso de máscaras ou dois metros em situações quando não for possível o uso delas (em refeições ou outros locais em que possa existir alimentação ou consumo de líquidos). No contato com outras pessoas, a orientação é que sejam evitados comportamentos como apertos de mão, abraços e beijos no rosto, assim como o compartilhamento de objetos pessoais (copos, chimarrão, caneta, telefone e fones de ouvido por exemplo).

Gostou? Compartilhe