Gaúcho treina parte física para jogo decisivo

Em função da chuva, atividades aconteceram no ginásio

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O primeiro jogo das semifinais da Segundona acontece segunda-feira, 29, a partir da 20 horas, no Vermelhão da Serra. Ontem os jogadores do Sport Club gaúcho treinaram no ginásio do Seminário Nossa Senhora Aparecida, já que as atividades no campo estavam impraticáveis em função da chuva. O preparador físico Serjão, o preparador de goleiros, Roberto Chaparini, o treinador Marco Aurélio e o presidente Gilmar Rosso acompanharam as atividades e todos afirmam que estão com as melhores expectativas para a partida, principalmente porque o grupo de atletas está bastante unido na busca da classificação para a final e pelo acesso à Série B. Gilmar diz que está confiante num bom resultado da equipe no primeiro jogo e diz que agora, o Gaúcho vai pra cima para tentar a classificação. “Nos deixaram chegar até aqui e agora vamos lutar para ir até o final. Se acontecer o resultado adverso, vamos sair de cabeça erguida”.

Obstáculos
Ele aproveita o momento para esclarecer à torcida alviverde que ele não teve nada a ver com a alteração do dia e do horário da partida no Vermelhão da Serra e que isso já estava previamente agendado pela direção do E.C Passo Fundo. “O estádio não é nosso e já estava alugado para um evento. Quero que o torcedor entenda que não fui eu que sugeri a mudança para segunda e que tivemos que nos sujeitar às determinações da Federação”, fala. A vontade dele era realizar o jogo amanhã mesmo, até para garantir uma renda a mais para repassar aos jogadores. “Se o jogo fosse no domingo e no Volmar Salton, acredito que teríamos de cinco a seis mil pessoas apoiando. Mas nós estamos acostumados a superar obstáculos e vamos superar esse também”, diz.

Motivação
Chaparini diz que a motivação dos jogadores está acima da média e fala da importância da equipe não levar gol jogando em casa. Ele convoca o torcedor a comparecer ao estádio. “Vamos para o jogo com muito respeito à equipe do Garibaldi, mas sempre procurando impor o nosso ritmo de jogo. Esperamos que a torcida compareça para nos apoiar porque será um jogador a mais em campo”, completa.

Gostou? Compartilhe