Festa e vitória na Arena

Grêmio venceu o Hamburgo por 2x1

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Uma festa completa. Assim pode ser definida a inauguração da Arena do Grêmio. O tricolor repetiu o placar do Mundial de 1983 e venceu o Hamburgo por 2x1.  As redes foram balançadas pela primeira vez por André Lima ainda no primeiro tempo, aos 9, e Marcelo Moreno aos 42 minutos do segundo tempo, selando a vitória. Os reservas do Hamburgo marcaram no segundo tempo com gol de Westermann.

O jogo - Nos primeiros minutos de jogo o Grêmio começou atacando. A disposição do Grêmio só esbarrava no estado do gramado. A grama, com bastante areia, soltava com facilidade e obrigava funcionários do clube gaúcho a entrarem em campo com o jogo em andamento para corrigir as falhas mais grosseiras. O Grêmio abriu o placar pelo alto com André Lima. Após escanteio ele cabeceou para o fundo das redes. O time comandado por Luxemburgo, ao invés de continuar no ataque, ficou administrando o resultado. Nos minutos finais do primeiro tempo, uma chance de gol para cada lado. Pelo Hamburgo, Aogo chutou forte para o centro da área, Berg desviou, e a bola saiu rente à trave. Pelo Grêmio, Elano bateu de primeira depois de cruzamento de Leandro, e o goleiro Drobny fez a defesa.

Segundo tempo - Com uma série de modificações, o Grêmio voltou a campo. A equipe começou errando vários passes e não conseguia ir para o ataque. Aos 25 minutos, Westermann chutou e a bola desviou Marcelo Moreno enganando o goleiro Marcelo Grohe. Apesar da frustração, alguns torcedores gremistas mantiveram o clima amistoso e aplaudiram o gol do Hamburgo, que não comemorou em respeito ao rival brasileiro. Aos 42 minutos, Marcelo Moreno se redimiu e após assistência de Leandro, entrou na pequena área e usou o pé esquerdo para sacramentar a festa tricolor.

Gostou? Compartilhe