PFF é campeão da Série Prata

Título foi conquistado contra a AMF no Capingui

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O Passo Fundo Futsal conquistou o título da Série Prata 2018. No sábado à noite (01), uma derrota por 2 x 1 para a AMF levou a partida para a prorrogação no Capingui, já que o PFF havia vencido a ida por 5 x 2 em Marau. No tempo extra, Vini Costa marcou quando faltavam 12 segundos para encerrar a partida e garantiu o empate por 2 x 2, que resultou no título passo-fundense.

 

PFF 1 x 2 AMF

Assim como aconteceu em Marau, os torcedores não presenciaram nenhum gol no primeiro tempo. A equipe do PFF estourou o limite de faltas aos oito minutos de jogo, mas não cometeu nenhuma nos 12 minutos restantes e não permitiu que a AMF tivesse a oportunidade de cobrar um tiro livre. Durante o intervalo da partida, o Homem-Aranha e o Papai Noel alegraram as crianças que ajudaram a deixar o Capingui completamente lotado.

Nos últimos 20 minutos, Thales Borges escreveu mais uma vez seu nome na história da final. O jogador do PFF que já havia marcado dois gols na primeira partida, abriu o placar no jogo de volta. A AMF respondeu com Esquerda e Pará, virou a partida e forçou a prorrogação. Além disso, o goleiro Rafa Missio foi expulso quando restavam poucos segundos para o final do jogo. A derrota foi apenas a segunda do Passo Fundo como mandante, ambas para Marau.

 

PFF 2 x 2 AMF

Para a prorrogação, o placar foi zerado. Mas a expulsão do goleiro fez com que o PFF jogasse com um atleta a menos durante dois minutos. Com superioridade numérica, Esquerda marcou novamente para AMF. Passo Fundo respondeu ainda nos primeiros cinco minutos do tempo extra. O capitão Nuno, que ainda irá decidir sobre sua possível aposentadoria, empatou a partida em cobrança de tiro livre. Já no segundo tempo da prorrogação, a AMF voltou a ficar na frente do placar quando faltavam menos de dois minutos para o fim do jogo. Novamente com Esquerda, apenas empurrando para o fundo das redes. Quando o título já parecia encaminhado para Marau, apareceu Vini Costa. Faltando 12 segundos para o fim do jogo, o jogador do PFF surpreendeu a defesa da AMF com um chute improvável e marcou o gol do empate. Por ter um aproveitamento superior de pontos durante a competição, Passo Fundo garantiu o título com a igualdade na prorrogação.

 

Relacionados

PFF: Cereta, Nuno, Vitor Jesus, Zanco, Rafa Missio, Vini Costa, Ismar, Luis Guterres, Mauricio Schleder, Romarinho, Thales Borges, Dani Ottoni, Lucas Gabriel e Gui Fávero. Técnico: Alexandre Boeira.

AMF: Cris Zaparolli, Chimia, Rômulo, Renato, Nattan, Angelo, Zé de Oliveira,  Dionata, Pará, Pedro Fininho, Esquerda, Matheus, Maikinho e Jefe. Técnico: Edgar Carlesso.

 

Campanha no mata mata

Final

AMF 2 x 5 PFF

PFF 1 (2) x (2) 2 AMF

 

Semifinal

AGE 2 x 5 PFF

PFF 4 x 2 AGE

 

Quartas de final

ADCH 5 x 4 PFF

PFF 5 (1) x (0) 2 ADCH

 

Melhor campanha em toda competição: 28J, 58P, 18V, 4E, 6D, 99GP, 68GC

Gostou? Compartilhe