Empate no amistoso de domingo no Vermelhão

Passo Fundo e Guarani de Venâncio Aires ficaram no 0 x 0

Por
· 1 min de leitura
Próximo teste será em Venâncio AiresPróximo teste será em Venâncio Aires
Próximo teste será em Venâncio Aires
Você prefere ouvir essa matéria?

Em jogo amistoso na tarde de domingo, 27, o Esporte Clube Passo Fundo e o Guarani de Venâncio Aires ficaram no 0x0. Foi no Vermelhão da Serra em mais um teste na pré-temporada, pois as duas equipes estão em preparação para a Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho. Numa tarde com muito calor e direito a paradas para reidratação, o futebol foi de jogo oficial e até com jogadas mais ríspidas. Ficou clara a evolução da equipe do Passo Fundo em relação ao amistoso anterior, mesmo agora diante de uma equipe bem mais qualificada. Isso numa primeira etapa, quando o time da casa começou bem ofensivamente com uma sequência de dois chutes a gols. Além disso, marcava melhor e tinha uma estrutura homogênea em todo o campo. Mesmo assim o time do Guarani encontrou espaços e momentos para incomodar a defesa do Passo Fundo.

 

Lances bonitos
Os testes são para mudanças. Assim, os técnicos Antônio Freitas e Leocir Dall Astra foram alterando a equipe na segunda etapa. O time de Venâncio equilibrou a partida e exigiu uma sequência de boas defesas do goleiro Gustavo, que substituiu Poti no intervalo. O Guarani se impôs por alguns minutos. A resposta veio com Mikael, com um chute forte de longe que acordou a torcida. Depois o Passo Fundo tinha a vantagem nas jogadas rápidas, com as escapadas de Caetano pelo meio. Em duas vezes ele chegou ao ataque e teve as melhores chances para marcar. Mas não teve gol no Vermelhão. Agora a expectativa fica para o próximo domingo, quando o ECPF retribuirá a visita em Venâncio Aires.

 

Avaliação
Para o técnico Antônio Freitas, ainda existem muitos erros para corrigir. Mas ressalta que “estamos numa construção de equipe, ainda observando para chegar ao encaixe perfeito. O importante é a postura e a atitude de trabalho numa competitividade sadia”. É claro que o treinador já detectou o que está certo e o que está errado após dois jogos amistosos. “A gente tem um feedback do positivo e também daquilo que deve ser ajustado para a qualificação da equipe”, completou. 

Gostou? Compartilhe