Grêmio enfrenta o Universidad no Chile

Geromel viajou para Santiago e deve começar na zaga ao lado de Kannemann

Por
· 1 min de leitura
Geromel desembarcou com o Grêmio em SantiagoGeromel desembarcou com o Grêmio em Santiago
Geromel desembarcou com o Grêmio em Santiago
Você prefere ouvir essa matéria?

O Grêmio terá a volta do zagueiro Pedro Geromel ao time titular, ao lado do argentino Kannemann, na partida contra a Universidad Católica, nesta quinta-feira, no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Por dois dias seguidos, o defensor participou normalmente do treino no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, e foi confirmado pelo técnico Renato Gaúcho para a viagem ao Chile. Por ser o único treino pré-jogo com todo o grupo, em função da necessidade de recuperação dos jogadores que foram até Ijuí no último domingo - empate sem gols contra o São Luiz, pela primeira semifinal do Campeonato Gaúcho - e voltaram na segunda-feira, Renato Gaúcho fechou os portões na primeira parte da atividade, quando definiu a equipe e realizou os trabalhos táticos.

 

Time
Com a volta de Geromel, Michel deve jogar como volante e assim Renato Gaúcho não precisará improvisações. A dúvida passa para o meio de campo, pois Marinho, Alisson, Thaciano e Montoya disputam uma posição. A tendência é de que Alisson inicie a partida, conforme indicado pelo treino de segunda-feira, no qual atuou ao lado de Luan e Everton no trabalho técnico. A equipe que deve iniciar a partida em Santiago terá Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon, Alisson (Marinho ou Montoya), Luan e Everton; André.

 

Libertadores
Com apenas um ponto após duas rodadas, o Grêmio é o lanterna do Grupo H. Tem a mesma pontuação do Rosario Central, da Argentina, mas perde no número de gols marcados. O líder o Libertad, do Paraguai, com seis pontos, seguido pela Universidad Católica, com três. O atacante Luan afirmou, terça-feira que o grupo está totalmente consciente da necessidade de recuperação imediata para não se complicar na Libertadores. "Temos que ir pra lá com o pensamento apenas na vitória. Retomar o espírito que a gente sempre teve, de vontade de vencer todos os jogos importantes, seja em casa ou fora. Nós temos totais condições. A gente já provou a qualidade do nosso grupo e podemos sair de lá com uma grande vitória", apostou. 

Gostou? Compartilhe