SC Gaúcho há um ano sob nova direção

Ontem, hoje e amanhã na contabilidade do presidente Guto Ghion

Por
· 2 min de leitura
Ghion Júnior: ?EURoeConseguimos imprimir uma gestão transparente e unida?EUR?Ghion Júnior: ?EURoeConseguimos imprimir uma gestão transparente e unida?EUR?
Ghion Júnior: ?EURoeConseguimos imprimir uma gestão transparente e unida?EUR?
Você prefere ouvir essa matéria?

Após pouco mais de um ano no comando do Sport Clube Gaúcho, o presidente Augusto Ricardo Ghion Júnior falou sobre esse período. Um breve balanço conjugado no presente, com resquícios do passado e de olho no futuro. E a avaliação começou, é claro, pelo futebol. “Disputamos quatro campeonatos. Foram duas Copinhas, uma Segunda Divisão e um Brasileiro Série D. Fomos vice-campeões da Copa Wianey Carlet e chegamos às semifinais da Segundona, além da experiência, que considero bastante positiva, que foi a nossa participação na Série D. Agora estamos disputando a Copa Seu Verardi e realizamos mais uma campanha promissora”.

CT & reformas
Deixando as competições de lado, Guto Ghion destacou trabalhos de ampliação, manutenção e melhorias na Arena Wolmar Salton BSBIOS e no Ginásio Teixeirinha. “Ainda este ano inauguraremos o nosso Centro de Treinamentos, cujas obras estão em andamento”. O futuro CT do Gaúcho está localizado à esquerda da entrada do complexo. Sobre a Arena, o presidente explicou que foram feitas melhorias. “Adequamos a Arena às exigências da CBF. Para isso foram necessários cinco laudos que foram apresentados à entidade”. Também o Ginásio Teixeirinha recebeu atenção da atual diretoria do clube. “Foi feito um novo palco em alvenaria (o original era de madeira) e reformamos o piso do Ginásio”, explicou.

Transparência & unidade
Ghion Júnior enfatizou o importante vínculo do clube com a sua torcida, lembrando o plano de sócios que disponibiliza um aplicativo para os associados. Sobre a administração do Gaúcho, falou que “conseguimos imprimir uma gestão transparente e unida em torno de um Sport Clube Gaúcho grande. Com isso trouxemos de volta torcedores antigos e estamos atraindo novos”. E como isso vem sendo feito? Guto explica que são realizadas ações atrativas. “A gente tenta fazer do jogo um espetáculo para a comunidade. É assim com o Periquito Alviverde que encanta especialmente às crianças”. E, também com foco nos torcedores de amanhã, o clube prepara uma surpresa para os jogos próximos ao Dia da Criança.

Finanças & diretoria
Ghion também enalteceu a importância de poder contar com muitas pessoas atuantes na diretoria, que classificou como “abnegados colaboradores para todas as horas”. Sobre a saúde financeira do Gaúcho, o presidente disse que “recebemos o clube com dívidas, mas já pagamos tudo referente à última gestão. Acertamos com fornecedores, pendências trabalhistas e tributárias. As contabilizadas estão todas pagas, além de duas trabalhistas. Restam, ainda, uma pendência trabalhista e um empréstimo que agora questionamos em juízo. Ou seja, que não reconhecemos”.

Futuro & futebol
Além de ações imediatas, a diretoria do Gaúcho também está de olho no futuro. Guto fala com entusiasmo sobre a importância em ampliar o vínculo do clube com os torcedores. “Para isso temos que fortalecer o futebol”. E o futebol é feito de temporadas. A de 2020 é logo ali. “Queremos um Gaúcho ainda mais unido. Subir de divisão é o nosso objetivo. O campo de futebol é um palco para conquistas. Por isso sabemos da importância dessa qualificação. É isso que queremos para o futuro do Gaúcho”, finalizou.

Gostou? Compartilhe