Liga Gaúcha: Passo Fundo Futsal enfrenta a Uruguaianense

Primeiro jogo pelas quartas de final será em Uruguaiana

Por
· 1 min de leitura
Caldeirão do Galo: 2 x 1 para o AtlânticoCaldeirão do Galo: 2 x 1 para o Atlântico
Caldeirão do Galo: 2 x 1 para o Atlântico
Você prefere ouvir essa matéria?

Vai começar a fase decisiva da Liga Gaúcha de Futsal. O Passo Fundo Futsal / Fasurgs / Valtra Razera enfrentará a Associação Esportiva Uruguaianense nas quartas de final. A definição do adversário só foi conhecida após a última rodada da fase classificatória. O Passo Fundo Futsal encerrou a primeira fase na 4ª colocação, com 33 pontos, o que possibilitou à equipe decidir as quartas de final ao lado do seu torcedor, no Ginásio Capinguí. O jogo de ida será no ginásio Schmitão, em Uruguaiana, no próximo sábado, 09, e a decisão será no Capingui, em 16 de novembro.

Derrota em Erechim
Na sexta-feira, 1º, o PFF enfrentou o líder da Liga Gaúcha, o Atlântico, em Erechim, e perdeu por 3 a 1, em jogo que mostrou como serão as próximas fases, com duas equipes buscando jogo e com diversas oportunidades de gols para ambos os lados. Os gols da partida foram marcados por Cappa e Allan, para o Atlântico, no primeiro tempo, e Gessé, na segunda etapa. O Passo Fundo Futsal diminuiu o placar com Maurício, que marcou o primeiro gol com a camisa do PFF. Mesmo com oportunidades de gols e até mesmo duas bolas na trave, com Ribeirão, no primeiro tempo, e Romarinho, de goleiro-linha nos últimos minutos de jogo, o PFF não conseguiu evitar a derrota para o líder. O ala Mauricio destacou a partida da equipe diante da melhor equipe do estadual. “Fizemos um grande jogo e por detalhe não buscamos, pelo menos, o empate. Estamos de parabéns pelo jogo que fizemos, mesmo que o resultado não tenha sido o esperado”, afirmou.

Playoffs
O técnico do PFF, Juninho, entende que o placar poderia ter sido diferente. “Nós tivemos chances de gols, bola na trave nos dois tempos, chance cara a cara com o goleiro adversário. Poderia ser outro placar, com um melhor resultado. Infelizmente, o resultado não veio, mas o grupo está de parabéns por toda competição que fez até aqui”. Para os playoffs diante da Uruguaianense, ele espera um grande confronto e garante que o PFF ainda tem muito a crescer na competição. “É um adversário forte, mas nós também mostramos nossa força nessa fase inicial. Ficamos entre os quatro melhores da competição, o que não é pouca coisa. Temos a consciência de que ainda não chegamos no nosso limite. Ainda temos muito a fazer na competição, e agora é outro campeonato”.

Gostou? Compartilhe