Tite faz cinco mudanças para enfrentar a Coréia

Seleção quer quebrar série de cinco partidas sem vitória

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A Seleção Brasileira entra em campo na manhã de hoje, para enfrentar a Coréia do Sul com o compromisso de encerrar uma sequência de cinco partidas sem vitórias. O confronto será o último amistoso antes das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2020. Pressionado, o técnico Tite deve realizar algumas mudanças na equipe que perdeu para a Argentina na sexta-feira. A partida será realizada no Mohammed Bin Zayed Stadium, às 17h30 (10h30 de Brasília).

A defesa é o setor que sofrerá mais alterações. Por conta de uma lesão no músculo adutor da coxa direita, Alex Sandro é desfalque certo para a partida. Renan Lodi, do Atlético de Madrid, já treinou na lateral-esquerda e assumirá a vaga. O treinador também vai promover a entrada de Marquinhos. O zagueiro substituíra seu companheiro de PSG, Thiago Silva.

Casemiro também assistirá o duelo do banco de reservas. Fabinho, destaque do Liverpool na conquista da Liga dos Campeões da última temporada, foi o escolhido para preencher a lacuna deixada pelo volante do Real Madrid. Com a mudança, o técnico pretende aprimorar a saída de bola.
Apesar da maior posse de bola contra a Argentina, a Seleção demonstrou certa incapacidade de criar e finalizar as jogadas ofensivas. Diante disso, o comandante da Amarelinha colocou Philippe Coutinho e Richarlison no lugar de Willian e Roberto Firmino.
Desde que assumiu o comando da Seleção, em 2016, Tite vive o seu pior momento. Independente disso, o treinador lembrou da má fase antes de conquistar a América com o propósito de respaldar seu trabalho.
"Tem necessidade sim do resultado, mas também é preciso compreender as etapas. Formar equipes e dar oportunidades é algo inevitável. Esse é um momento de oportunizar. Podemos falar em várias formas de jogar, encontrar um modelo para ter Neymar de atacante central, ter Coutinho. Esse é o momento que nos permite, por mais duro que seja, ter o discernimento de aguentar as pressões e dar confiança para os jogadores produzirem. Todos estão pressionados, mas sabem da responsabilidade que têm", analisou o técnico durante entrevista ontem.

BRASIL x COREIA DO SUL
Data: 19/11/19
Local:Mohammed Bin Zayed Stadium
Hora: 17h30 (local) 10h30 (Brasília)

Gostou? Compartilhe