Treinos da dupla Gre-Nal são permitidos, mas com restrições

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON Divulgação/ON
Divulgação/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

A segunda-feira (11) foi marcada pela confirmação da volta aos treinamentos para Grêmio e Internacional. Apesar de, na noite de domingo, os clubes terem emitido um comunicado em conjunto onde informavam o cancelando dos treinos da manhã de segunda-feira, conversas entre a direção das duas equipes com o Governo do Estado e a prefeitura de Porto Alegre, permitiram o retorno das atividades, porém com um protocolo específico. 

O comunicado emitido em conjunto pelos dois clubes dizia que haveria uma reunião de rotina para ajustar o planejamento para os próximos dias. 

O ponto em discussão foi o decreto do Governo Eduardo Leite, que trouxe dúvidas aos diretores dos dois clubes. No texto do Governo do Estado, clubes de cidades das áreas laranja (caso de Porto Alegre) e amarela podem realizar treinos físicos em locais abertos e com apenas 25% dos trabalhadores, podendo haver revezamento no grupo de jogadores. Assim, a dupla Gre-Nal está apta a seguir com os treinamentos, enquanto os clubes do Interior, enquadrados nas mesmas bandeiras, poderão retomar as atividades seguindo protocolos de limpeza e higienização, entre elas, o uso de máscara de proteção. Algumas cidades, no entanto, podem ter decretos municipais mais restritivos. Será obrigatório adotar sistemas de escalas, de revezamento de turnos e de alterações de jornadas, para reduzir fluxos, contatos e aglomerações de funcionários do clube.

As atividades do futebol gaúcho foram suspensas por tempo indeterminado no dia 16 de março, quando a temporada ainda não tinha completado dois meses de jogos. O Campeonato Gaúcho foi paralisado e os jogadores passaram a trabalhar de forma individual em suas casas. Apesar da confirmação da retomada dos treinamentos de Internacional e Grêmio, ainda não há perspectivas para a retomada dos jogos do Gauchão. 

Gostou? Compartilhe