Gre-Nal da Libertadores tem empate em punições

Paulo Miranda e Moisés foram suspensos por quatro jogos

Por
· 1 min de leitura
O único clássico pela Libertadores foi disputado em março – Foto Lucas Uebel-GFBPAO único clássico pela Libertadores foi disputado em março – Foto Lucas Uebel-GFBPA
O único clássico pela Libertadores foi disputado em março – Foto Lucas Uebel-GFBPA
Você prefere ouvir essa matéria?

A Conmebol anunciou as punições para os jogadores expulsos no primeiro clássico Gre-Nal da Libertadores, que teve uma briga generalizada ao final. O jogo foi realizado na Arena, em 12 de março, e terminou empatado em 0 x 0. Também houve empate nos cartões vermelhos, com quatro expulsos para cada lado. Somente neste sábado, 23/05, a Confederação Sul-americana divulgou as punições impostas com base no julgamento realizado em 30 de março. Mais um empate. Paulo Miranda do Grêmio e Moisés do Inter tiveram as penas maiores e estão suspensos por quatro jogos. Portanto, se houver continuidade do campeonato, fora da fase de grupos. Luciano (Grêmio) e Edenilson (Inter) estão suspensos por três jogos. Victor Cuesta e Praxedes (Inter), Caio Henrique e Pepê (Grêmio) foram punidos com um jogo cada. Além disso, os jogadores receberam multas de 1.500 a 3.000 dólares. Os clubes foram condenados ao pagamento de 9 mil dólares cada.


Gostou? Compartilhe