França é a primeira finalista da Copa

Vitória de 1 x 0 sobre a Bélgica colocou a seleção na decisão

Escrito por
,
em
Umtiti marcou o único gol da partida

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A primeira seleção finalista da Copa do Mundo já está definida. A França venceu a Bélgica pelo placar mínimo (1 x 0), na semifinal, e garantiu a vaga. O zagueiro Umtiti foi o responsável por marcar o único gol em São Petersburgo, na tarde de terça-feira (10). Agora, os franceses esperam pelo vencedor de Croácia x Inglaterra para saber seu adversário do próximo domingo (15), ao meio-dia, em Moscou. Antes disso, a Bélgica disputa o terceiro lugar no sábado (14), também ao meio-dia, contra o perdedor do jogo de hoje (11).

 

O jogo

O primeiro tempo não reservou nenhum gol na partida, mas a bola parada foi mas uma vez decisiva para mudar o panorama na segunda etapa. Em cobrança de escanteio, Griezmann colocou a bola na cabeça de Umtiti. O zagueiro ganhou de Fellaini, escalado justamente pela estatura e poder de marcação, e marcou o gol que deu vantagem para a França. Precisando da vitória, o técnico Roberto Martínez lançou os atacantes Mertens e Carrasco nas vagas dos meio-campistas Dembelé e Fellaini, na seleção da Bélgica. Didider Deschamps respondeu tirando o centroavante Giroud para a entrada do volante N'Zonzi, na França, e já indicava como seria o restante do jogo. Mesmo com a pressão nos minutos finais, a Bélgica não conseguiu vencer o goleiro Lloris.  

 

França 1 x 0 Bélgica

França: Lloris; Pavard, Varane, Umtiti e Lucas Hernández; Kanté e Pogba; Mbappé, Griezmann e Matuidi (Tolisso). Giroud (N'Zonzi). Técnico: Dider Deschamps.

Bélgica: Courtois; Chadli (Batshuayi), Alderweireld, Kompany e Vertonghen; Witsel, Fellaini (Carrasco) e Dembelé (Mertens); De Bruyne, Lukaku e Hazard. Técnico: Roberto Martínez.  

Gostou? Compartilhe