Gaúcho começa jogando em casa

Partida será diante do São Borja no domingo 14 de abril

Escrito por
,
em
Gilmar Rosso: ?EURoesomos um time profissional?EUR?

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Quinta-feira, a Federação Gaúcha de Futebol divulgou as deliberações sobre o Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão. Além do regulamento e fórmula da competição também foi divulgada a tabela com as 10 rodadas da primeira fase. O Sport Clube Gaúcho de Passo Fundo está no Grupo “A” desta fase classificatória, onde terá pela frente em turno e returno Cruz Alta, Elite de Santo Ângelo, Santa Rosa, Santo Ângelo e São Borja. Após 10 rodadas, classificam-se quatro equipes que, em cruzamento inverso, enfrentarão as quatro classificadas do Grupo “B” nas quartas de final. As decisões serão em jogos de ida e volta, apontando os semifinalistas da Segundona Gaúcha. No ano de seu centenário, o Gaúcho estreia em casa diante do São Borja. A partida será em 15 de abril, domingo, às 15 horas, na Arena Wolmar Salton BSBIOS.

 

Trabalhando
Em 2018 o Sport Clube Gaúcho comemora seu centenário e, assim, terá pela frente uma temporada histórica. “Estamos bem confiantes, motivados. Depois de fazermos tudo fora de campo, é a hora do futebol”, disse o presidente do clube, Gilmar Rosso. Sobre os adversários no grupo do Gaúcho não vê grandes novidades, mas disse que ainda podem ocorrer alterações com a possibilidade de alguma desistência. O elenco do Gaúcho, que já conta com 20 atletas, está em pré-temporada com o técnico Gelson Conte e o preparador Marco Aurélio. Nos próximos dias chegam mais quatro reforços, “dois estão no Veranópolis e outros dois atuam no Avenida de Santa Cruz”, antecipou Rosso.


Recursos
Para manter o futebol, o presidente entende que é necessária uma receita mensal em torno de R$ 40 mil. “Por enquanto contamos com o patrocínio da BSBIOS, Lavoro, Comercial Zaffari, Sicredi e JR Cimentos, mas ainda devem ocorrer outras renovações e adesões”. Mas para garantir dinheiro em caixa, um ano festivo também é um argumento forte através do ‘patrocínio centenário’. Outra opção é a comercialização de espaços na Arena, como as placas que custam R$ 3 mil e podem ser parceladas em até seis vezes. O objetivo é o futebol, deixa claro o presidente. “Depois de pagar as contas, tem que valer a ideia de somos um time profissional e vamos investir no futebol. Vamos disputar, não apenas para subir para o Acesso, mas também para sermos campeões”, disse o presidente.


Grupo “A”
Cruz Alta
Elite de Santo Ângelo
Gaúcho
Santa Rosa
Santo Ângelo
São Borja

 

Grupo B
Farroupilha de Pelotas
Guarany de Bagé
Nova Prata
Novo Horizonte de Esteio
Real de Capão da Canoa
Rio Grande

Gostou? Compartilhe