Gilmar Rosso não é mais presidente do Gaúcho

Luciano Azevedo, Erasmo Battistella e Augusto Ghion Jr. assumem temporariamente o comando

Escrito por
,
em
Troca de comando: coletiva na BSBIOS

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

No ano do Centenário, a própria história do Sport Clube Gaúcho tem fatos marcantes. Na quinta-feira pela manhã, no auditório da BSBIOS, Gilmar Rosso comunicou seu afastamento da presidência do clube. Na entrevista coletiva, esteve acompanhado pelo presidente do conselho deliberativo, Marco Stefani, e dos conselheiros Dárcio Palma, Erasmo Battistella, Luciano Azevedo e Augusto Ricardo Ghion Júnior. Após nove anos como presidente do Gaúcho, Gilmar disse que “agora era o momento, para ficar mais em casa, dar mais atenção à família e à vida pessoal”. Na prática, dentro dos trâmites e prazos necessários, o Gaúcho passa por um período de transição. O prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo, na condição de conselheiro do clube assume a presidência temporariamente, tendo como vices os empresários Erasmo Battistella e Augusto Ghion Júnior.

 

Decisão
É claro que, neste momento, pesou muito o fato de o Gaúcho ser excluído, por erro administrativo, da Segunda Divisão do Campeonato às vésperas das semifinais. Somem-se a isso, as inúmeras consequências de um final trágico para uma campanha magnífica. “As redes sociais não poupam ninguém”, disse o ex-presidente em tom de desabafo. Explicou que, após uma sequência de reuniões com dirigentes e conselheiros, chegaram à conclusão de que “como estava ia ser muito difícil”. Num primeiro momento ele permanece ao lado dos novos dirigentes numa fase de transição. Depois, numa nova composição diretiva, assumirá como diretor de patrimônio. “Eu saio daqui mais motivado, a partir de hoje na retaguarda do Sport Clube Gaúcho”. Gilmar explicou que o clube tem uma dívida de R$ 128 mil em médio e longo prazo e fará uma prestação de contas. “Vou entregar todas as notas fiscais desde dezembro de 2009”, concluiu.

 

Disputar a Copinha
Já em tom de presidente, Luciano Azevedo explicou que ao lado de Erasmo e Ghion integra um trio que comanda o clube, enquanto o conselho prepara os editais e outros trâmites legais. “É um período transitório, mas já vamos priorizar o futebol através da profissionalização. Neste segundo semestre iremos disputar a Copinha”. O vice Erasmo Battistella confirmou a continuidade da parceria com o empresário Rogério Garcia, que trouxe e subsidiou grande parte do elenco vitorioso da temporada. “É importante manter o grupo, que deu ainda mais orgulho ao futebol vitorioso do Gaúcho”. Os novos dirigentes também disseram que nos próximos dias devem anunciar um diretor de futebol.
Reapresentação do departamento de futebol.

 

Na próxima terça-feira, 23/07, haverá reapresentação do departamento de futebol na Arena Wolmar Salton BSBIOS. A informação foi dada pelo empresário Rogério Garcia que, mesmo em viagem, explicou sobre a nova gestão do Gaúcho. “A parceria com a RG Sports continua para a Copinha. Na reapresentação, vamos nos reunir novamente com a nova diretoria já partindo da teoria para a prática”. Sobre o elenco, disse que deve manter 90%. Além da vitrine de uma campanha invicta, “o episódio que interrompeu a trajetória também propiciou muitas especulações aos jogadores”. Rogério também confirmou que, além do elenco atual, ainda devem se apresentar dois reforços. São nomes que já estavam definidos para uma segunda etapa, que classifica como a continuidade do projeto.

Gostou? Compartilhe