Inter é eliminado da Copa do Brasil

Na disputa de pênaltis, colorado perdeu para o Vitória

Escrito por
,
em
Partida aconteceu no estádio Barradão

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O Sport Club Internacional se despediu da Copa do Brasil de maneira precoce. Mesmo vencendo a primeira partida contra o Vitória, 2 x 1 no Beira-Rio, a equipe foi derrotada pelos baianos no segundo jogo, 1 x 0 em Salvador, e eliminada na disputa de pênaltis – 4 x 3. Partida aconteceu na noite desta quinta-feira (19), no estádio Barradão, e foi válida pela quarta fase da competição.

 

O jogo

Com duas alterações em relação à equipe que estreou no Brasileirão - Nico López e Gabriel Dias nos lugares de Rossi (lesionado) e Edenilson (suspenso), o Colorado iniciou o confronto no Barradão sustentando as linhas altas no campo do adversário e criando boas chances no ataque. Aos 2min, D'Alessandro cobrou escanteio e Nico López pegou a sobra, em chute de primeira que passou por cima do travessão. Aos 10min, William Pottker entrou na área pela esquerda e tentou o gol por cobertura, mas Caíque fez a defesa parcial. No rebote, Nico López chutou rasteiro e o goleiro baiano, com os pés, evitou que a bola entrasse.

 

Precisando reverter o resultado do jogo de ida (derrota por 2 a 1), o Vitória tentava escapar nos contra-ataques em velocidade, mas parava na eficiente marcação do Inter. Os donos da casa conseguiram chegar com força somente aos 34min, quando Denilson concluiu, de dentro da pequena área, e a bola bateu em Rodrigo Moledo antes de sair pela linha de fundo. A resposta colorada veio aos 37min, em chute de William Pottker, no cantinho direito, que foi defendido por Caíque. Aos 41min, Neilton bateu colocado da entrada da área e a bola saiu à esquerda do gol defendido por Marcelo Lomba. Aos 46min, o Inter teve outra boa chance de abrir o placar no chute de Nico López que raspou o travessão. 

 

No segundo tempo, como era de se esperar, os baianos se lançaram ao ataque. Aos 6min, Rhayner chutou cruzado e Lomba fez defesa sensacional. Aos 19min, Denilson desviou com o pé o cruzamento que veio da esquerda e acertou a trave colorada. O Inter segurou a pressão até onde conseguiu, no entanto, aos 34min, o árbitro marcou pênalti duvidoso de Iago sobre Denilson. Neilton cobrou e fez 1 a 0. Aos 40min, Camilo, que havia entrado momentos antes no lugar de D'Alessandro, bateu falta e Caíque fez boa defesa, buscando a bola no canto direito.

 

O resultado se manteve até o apito final e a vaga foi decidida nos pênaltis. Na primeira cobrança, Camilo deixou o Inter na frente. Denilson bateu pelo lado do Vitória e igualou a contagem. Nico López bateu a segunda cobrança e Caíque defendeu. Marcelo Lomba também defendeu o chute de Nickson e manteve a igualdade. Na sequência, Caíque defendeu a cobrança de Gabriel Dias. Uilian Correia converteu e fez 2 a 1 para o Vitória. Fabiano empatou novamente para o Inter e José Welison fez  3 a 2 para os baianos. Na quinta cobrança colorada, Patrick deixou tudo novamente igual. Porém, Neilton converteu e garantiu a vaga para o time de Salvador. Placar final dos pênaltis 4 a 3. 

 

Ficha técnica

Vitória (1)(4): Caíque, Rodrigo Andrade (José Welison), Kanu, Ramon e Juninho; Willian Farias (Nickson), Uilian Correia, Yago (Guilherme Costa), Neilton e Rhayner; Denílson. Técnico: Vagner Mancini.

Internacional (0)(3): Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo (Klaus), Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Gabriel Dias, Patrick, D'Alessandro (Camilo) e Nico López; William Pottker (Marcinho). Técnico: Odair Hellmann.

Gol: Neilton (V), de pênalti, aos 35min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Patrick, William Pottker, D'Alessandro (I); Yago, Uilian Correia, Rhayner (V).

Arbitragem: Rafael Traci, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Pedro Martinelli Christino (trio do Paraná).

Local: Barradão, em Salvador.

 

Gostou? Compartilhe