Os 70 anos do Maracanã

Escrito por
,
em
Divulgação/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O estádio do Marcaná completou hoje, 70 anos de inauguração. Construído para ser a grande sede da primeira Copa do Mundo no Brasil, em 1950, o Estádio Jornalista Mário Filho sediou festas, títulos, gols inesquecíveis e faz parte da memória de grandes clubes, jogadores e torcedores. A Seleção Brasileira tem uma relação especial com o "Maraca", pois o local está presente em célebres episódios na vida de equipes que defenderam a Amarelinha, seja futebol masculino ou no feminino e em diferentes categorias.A cada ano que passa, o Maracanã tem um novo enredo para acrescentar em sua biografia. Nele, as Seleções Brasileiras Masculina Principal, Feminina Principal e Olímpica Masculina, alcançaram glórias inesquecíveis. Apenas um estádio no mundo tem um currículo com duas decisões de Copa do Mundo e uma abertura de Olimpíada. O Maracanã, inaugurado há exatos 70 anos, pode ser considerado o estádio mais importante do planeta por isso. Embora o nome oficial do estádio seja Mário Filho, em homenagem ao jornalista que foi um dos principais apoiadores de sua construção, foi o nome do bairro que ganhou fama e ficou eternizado no Brasil e no mundo. 

No 70.º aniversário do Maracanã, uma votação entre jornalistas e colunistas esportivos elegeu os 10 maiores jogos da história do estádio. A lista tem partidas de Copa do Mundo, Copa América, Mundial de Clubes e Campeonato Brasileiro.Os jogos mais votados foram: Brasil 1 x 2 Uruguai (1950); Santos 1 x 0 Milan (1963); Vasco 1 x 2 Santos (1969); Fluminense 1 x 1 Corinthians (1976); Flamengo 3 x 2 Atlético-MG (1980); Brasil 1 x 0 Uruguai (1989); Brasil 2 x 0 Uruguai (1993); Corinthians 0 x 0 Vasco (2000); Alemanha 1 x 0 Argentina (2014) e Brasil 1 x 1 Alemanha (2016). 

Gostou? Compartilhe