A metralhadora do rei

Pelé vê o Brasil defensivo, elogia a Alemanha e diz que Maradona é mau técnico

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O estilo pragmático da seleção brasileira não caiu no gosto do Rei do Futebol. Para Pelé, apesar das vitórias e da boa campanha na Copa do Mundo, o Brasil ainda não convenceu. Mesmo assim, o único jogador tricampeão mundial de futebol considera que somos favoritos para a conquista do hexacampeonato.

“Apesar da vitória por 3 x 0 sobre o Chile, esta equipe ainda não me convenceu completamente”, afirmou Pelé, em entrevista ao jornal alemão ‘Tagesspiegel’.

Ele criticou o estilo defensivo e não concorda com o argumento de Dunga, que diz buscar “um time com equilíbrio”.
“O time de Dunga joga mais no contra-ataque, não controla o jogo”, justificou o Rei, dizendo que, além do Brasil, considera Alemanha e Espanha como candidatas ao título.

“A Alemanha tem um dos times mais jovens da Copa do Mundo. Mas acho que é inexperiente demais para o título.Seus jogadores podem e criar momentos surpreendentes”.

Maradona é mau técnico

Pelé também não fugiu das polêmicas com Maradona, técnico da seleção argentina. Para o Rei do Futebol, nossos vizinhos não são favoritos justamente por causa de seu técnico. “Não tenho problemas com Maradona. Só acho que não é um bom treinador. Tem um estilo de vida excêntrico e isso raramente é positivo para uma equipe”, declarou Pelé.

Para Pelé, a Argentina não será páreo para o Brasil caso as duas equipes se enfrentem na final do Mundial da África do Sul. O fogo cruzado entre Pelé e Maradona tem sido uma constante na Copa do Mundo. O técnico argentino criticou o brasileiro por ter duvidado da capacidade de um país africano de organizar o Mundial e, depois, disse que deveria estar em um museu.

Ainda sobre a Argentina, Pelé explicou craques são capazes de se organizar sozinhos em campo e que a atuação de Messi abre espaço para seus companheiros.

Cruyff volta a criticar o Brasil


Conhecido por sua antiga aversão ao futebol brasileiro, o ex-jogador holandês Johan Cruyff voltou a mostrar todo seu desprezo quando o assunto é a nossa Seleção. Para ele, o time de Dunga joga de forma defensiva e pouco empolgante.
“Não acho que nenhum espectador goste de pagar para ver essa equipe jogar. Eu nunca compraria ingresso. É um time como outro qualquer”, criticou Cruyff, em entrevista ao jornal inglês ‘Daily Mirror’.
O holandês, carrasco do Brasil na Copa de 1974, lamentou a falta de craques no time atual. “Cadê o time que todos nós conhecemos? Lembro de Gerson, Tostão, Sócrates, Falcão e Zico. E agora só vejo Gilberto, Felipe Melo, Michel Bastos e Júlio Baptista. Onde está a magia brasileira?”, questionou.
Na primeira fase, Cruyff afirmou que a seleção chilena do técnico Marcelo Bielsa estava apresentando o melhor futebol da Copa.

'Apesar da vitória sobre o Chile, este time não me convenceu. Joga mais no contra-ataque e não controla o jogo'
PELÉ
Rei do Futebol

Gostou? Compartilhe