?EURoeUm time que saiba jogar a competição?EUR?

Técnico Vanderson Pereira quer uma equipe bastante competitiva

Por
· 2 min de leitura
Vanderson Pereira: ?EURoeos atletas que vamos enfrentar queriam estar aqui?EUR?

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

 Um grupo forte e com uma estratégia objetiva: um time para sair da Segundona. Com essa filosofia, o Sport Clube Gaúcho prepara a equipe para disputar a Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho. A estreia será em casa, no dia 05 de abril diante do Marau. Então restam 24 dias para completar a composição do elenco, condicionar fisicamente os atletas e ensaiar aquilo que será apresentado na temporada. Dentro desta proposta, 19 jogadores batiam bola na tarde de quinta-feira, antes do início do treinamento. Algumas caras conhecidas, muitas novidades, outros esvaziando as malas ou em viagem a Passo Fundo. A montagem do elenco segue um planejamento que, na prática, já estaria quase completo. Ainda estão faltando algumas peças, mas o trabalho já é intenso.

 Palavra de especialista

Ao pisar no gramado da Arena Wolmar Salton BSBIOS, o técnico Vanderson Pereira sente-se em casa. Lembra histórias do seu pai Joubert, por muito tempo capitão do Gaúcho. Mas o foco está no presente. “Tem que ser competitivo. Não adianta ter um time muito técnico. Tem que ter um time que saiba jogar a competição”. E Vanderson está muito bem credenciado para fazer essa avaliação. É especialista em tirar times da Segundona, pois foi campeão comandando o Marau e o Guarany de Bagé. Assim, claro, também conhece os adversários e as particularidades do campeonato. “Hoje todos os atletas que vamos enfrentar queriam estar aqui, sabem do nome e da estrutura do Gaúcho. Por isso temos que focar na competição e a equipe, além desse respeito, deve ser competitiva”. Enquanto contemplava o grupo no habitual bobinho que antecede as atividades, o técnico deixou escapar seu otimismo: “vai dar para montar um time bem competitivo”.

 Carga intensificada

Vanderson diz que a maioria dos atletas “tem a nossa indicação, inclusive alguns remanescentes que tivemos interesse, pois têm boa trajetória”. Dentre esses, estão Caetano, Gustavo, Borowski e o goleiro Pedro, além do atacante Almeida, que mantém vínculo com o clube. Ao lado do técnico está o auxiliar Jefferson Fredo Rodrigues que foi Campeão da Libertadores em 1995. Para quem não recorda, atuando pelo Grêmio ele era conhecido como Jé. O preparador físico é Mariel Mess e o de goleiros Maicon Melo. A comissão técnica optou por intensificar os trabalhos durante a pré-temporada. A carga é de 5x1, ou seja, a cada cinco turnos de trabalho um de folga. “Alguns que estavam na mesma divisão o ano passado sentem a carga, pois estavam parados há mais tempo”, explica Mariel. Já outros chegam tinindo, pois chegam direto de disputas em primeiras divisões de estaduais. Antes de apitar para reunir o grupo, Vanderson disse que “a intensão é fazermos um jogo-treino e dois amistosos”. Papo rápido, aquecimento e começou o treinamento técnico da tarde.

 

Gostou? Compartilhe