Agora é espremer a Laranja

Brasil faz 3 x 0 no Chile e enfrenta a Holanda nas quartas

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Foi uma atuação convincente. Apesar de começar meio desligado em campo, o Brasil cresceu no decorrer da partida, fez 3 x 0 no Chile, convenceu a torcida e agora vai enfrentar a Holanda na próxima sexta-feira, pelas quartas de final da Copa 2010. Os gols brasileiros foram marcados por Juan, Luís Fabiano e Robinho, que confirmou a fama de carrasco chileno, fazendo seu oitavo gol no adversário.

Primeiro tempo

No início da partida, o Chile tentou jogar de igual para igual com a seleção brasileira, com a posse de bola no campo brasileiro. Aos 4 minutos, o Brasil achou o primeiro contra-ataque. Daniel Alves lançou Luís Fabiano que entrou na área, mas chutou sem direção, pela linha de fundo. Cinco minutos depois, Gilberto Silva recebeu livre de marcação e arriscou de longe, exigindo grande defesa de Bravo.

O Brasil voltou a equilibrar a partida com o Chile. Aos 10, Kaká, da entrada da área, chutou pela linha de fundo. Apesar da 'blitz' brasileira, nos primeiros 15 minutos foi o Chile que teve a maior posse de bola, com 55%. Em campo, o Brasil tinha Daniel Alves no lugar de Elano e o meia Ramires no lugar de Felipe Melo.

O Chile marcava muito bem o lado direito do Brasil e Maicon pouco chegava ao ataque. Além disso, a Seleção errava muitos passes no meio de campo. Tanto que o primeiro gol brasileiro saiu de escanteio, aos 34 minutos. Maicon cobrou escanteio pela direita e Juan subiu mais alto que toda a zaga chilena para cabecear e colocar 1 x 0 para o Brasil no placar.

Três minutos depois a Seleção fez grande jogada para marcar o segundo. Robinho recebeu aberto pela esquerda e tocou para Kaká, que de primeira deixou Luís Fabiano cara a cara com Bravo. O artilheiro da Seleção driblou o goleiro e bateu para o gol vazio: 2 x 0.

Segundo tempo

Os gols irritaram o técnico do Chile, o argentino Marcelo 'El Loco' Bielsa, que fez duas alterações na equipe na volta do intervalo.
Mesmo com Valdivia e Tello nos lugares de Mark Gonzáles e Contreras, foi o Brasil que marcou o terceiro, aos 14 minutos. Ramires arrancou pelo meio, fez excelente jogada driblando os chilenos e tocou para Robinho. O camisa 11 confirmou sua fama de carrasco e bateu de primeira: 3 x 0.

Aos 16, Daniel Alves cobrou falta e quase fez o quarto. Com o 3 x 0 no placar, o técnico Dunga começou a poupar seus jogadores já pensando na próximo confronto Aos 30, Luís Fabiano deu lugar para Nilmar. Cinco minutos depois foi a vez de Kaká deixar o campo para a entrada de Kléberson. Aos 40 foi a vez de Robinho ser substituído por Gilberto.

O Brasil volta a campo na próxima sexta-feira, às 11h (horário de Brasília), quando enfrentará a Holanda em Porto Elizabeth por uma vaga na semifinal do Mundial.

Gostou? Compartilhe