Barrichello desencanta

Por
· 1 min de leitura
Barrichello liderando o pelotãoBarrichello liderando o pelotão
Barrichello liderando o pelotão

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Depois de 20 corridas, finalmente Rubens Barrichello (Full Time) conquistou sua primeira vitória na Stock Car. O veterano piloto de 42 anos, que estreou no final da temporada de 2012, ganhou a Corrida do Milhão, disputada neste domingo diante de grande público no Autódromo de Goiânia e ao final de uma renhida batalha contra Thiago Camilo (RCM). Os dois levaram os torcedores ao delírio ao cruzar a linha de chegada quase emparelhados. Galid Osman, parceiro de Camilo, completou o pódio, seguido por Átila Abreu (AMG), o novo líder do campeonato. Com o 5º e 6º lugares de Júlio Campos e Antonio Pizzonia, a Prati-Mico’s Racing assumiu a ponta entre as equipes.

Barrichello saiu na pole e imprimiu um ritmo forte desde o início. Mesmo com as duas paradas - uma obrigatória para troca de pneus e outra opcional de reabastecimento -, o ex-piloto da Fórmula 1 só encontrou resistência por parte de Camilo. Quarto no grid, o ganhador do prêmio milionário da prova em 2011 e 2012 se atrasou na largada e teve de escalar o pelotão. Depois, trocou duas vezes de posição com Barrichello e ainda tentou uma cartada final, mas sem sucesso. Como consolo, subiu para o segundo lugar na classificação do campeonato.

Comprovando a excelente fase, a Prati-Mico’s Racing comemorou a ascensão nas disputas de pilotos e equipes. Campos subiu para terceiro, enquanto Pizzonia avançou para a 9ª colocação. "Nossa meta aqui sempre foi pensar nos campeonatos. Se a vitória viesse, ótimo, mas esse não era mesmo o objetivo principal. Demos um novo salto nesta etapa e temos tudo para ir ainda melhor na próxima etapa. Cascavel está na região de Toledo, sede do nosso patrocinador, e por isso é a nossa corrida de casa", lembrou o diretor-técnico Juan Carlos "Mico" Lopez.  O calendário da Stock Car voltará a ser movimentado dentro de duas semanas em Cascavel, a segunda das três etapas de agosto - a última será nos últimos dias do mês em Curitiba. O autódromo do oeste paranaense receberá a categoria novamente no formato de duas corridas, utilizado em nove das 12 etapas de 2014.

Gostou? Compartilhe