De coadjuvantes a protagonistas

Polaco é o lateral direito do Passo Fundo, mas seus gols têm sido fundamentais para o tricolor estar na zona de classificação. Já Dudu, ele é o primeiro volante do Gaúcho e, embora não tenha feito gols, é um dos destaques do alviverde na Segundon

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Marcelo Alexandre Becker/ON

Em um time de futebol, geralmente, os olhares dos torcedores e os flashes das câmeras são para atacantes ou meias habilidosos. Mas nesta primeira fase da Segundona, dois jogadores que, a princípio fariam papel de coadjuvantes, tanto no Gaúcho como no Passo Fundo, são peças-chave para que ambos os times continuem vivos na luta por uma vaga na segunda fase do campeonato.

Polaco, o lateral artilheiro
No Passo Fundo, vários atacantes já tiveram chance de ser titular, mas até agora nenhum conseguiu se firmar como o homem-gol que a torcida espera. Assim, quem tem aproveitado bem as chances de balançar as redes é o lateral direito Polaco, que com quatro gols é o artilheiro do time na competição. Entre os jogos em que o jogador marcou, vale destacar o clássico contra o Gaúcho, quando o Passo Fundo venceu por 3 x 1, e Polaco fez o terceiro gol daquela partida. Tem também o marcado na última rodada, quando o tricolor trouxe um empate de Santa Maria contra o vice-líder da chave 2, o Riograndense. Assim, para o jogo de amanhã contra o líder Panambi, às 19h, no Vermelhão da Serra, Polaco será uma das armas para o Passo Fundo somar mais três pontos e ficar perto de garantir uma das vagas para a próxima fase da Segundona.

Dudu, o volante de todos os jogos
O primeiro volante em um time é aquele jogador responsável por marcar forte em todos os setores do campo e em consequência é geralmente o atleta que recebe muitos cartões amarelos e vermelhos. Mas com Dudu a história é diferente. Não que ele não marque como um legítimo primeiro volante, pelo contrário, ele marca muito, mas ao contrário de muitos de sua posição, não é violento. Assim, Dudu, além do goleiro Souza, é o único jogador do Gaúcho que jogou todas as partidas. Vale destacar sua atuação na vitória de domingo contra o TAC, que aos 47 minutos do segundo tempo ainda permanecia incansável na marcação. Com um guerreiro assim não é de se espantar com o crescimento do Gaúcho na competição. Dudu será titular na partida desta quarta-feira (24), quando o Gaúcho vai até Santa Rosa enfrentar o Juventus. Caso o time de Attolini vença, a classificação ficará praticamente garantida, e Dudu terá muitos méritos nisso.

Gostou? Compartilhe