Empate evita Gre-Nal

Gol marcado por Borges, de pênalti, no empate em 1 a 1 diante do Santa Cruz adiou confronto entre Renato e Falcão

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Garantido nas quartas de final do segundo turno do Campeonato Gaúcho, o Grêmio teve dificuldades para empatar neste domingo com o Santa Cruz, fora de casa, por 1 a 1, pela última rodada da fase de classificação do returno. Após
sair em desvantagem, igualou o marcador com gol de Borges, de pênalti, aos 42min do segundo tempo. O time tricolor terminou em terceiro da chave B, com 13 pontos, resultado suficiente para evitar o confronto com o Internacional na fase seguinte. O Gre-Nal agora só é possível na decisão. O adversário gremista nas quartas será o Ypiranga.

O jogo - No primeiro tempo, o destaque foi o goleiro do Santa Cruz. Com intervenções providenciais, César evitou que o
Grêmio deixasse a primeira etapa com a vantagem no placar. César começou a trabalhar cedo. Logo aos 3min, ele usou os
pés para impedir que o chute de William Magrão balançasse as redes. O camisa 1 do Santa Cruz foi exigido mais uma vez aos 16min, quando mostrou reflexo ao defender o chute do meia gremista Pessalli - que substituiu Douglas - e, em seguida, evitar o gol de Lúcio, no rebote. O duelo de César contra William Magrão se repetiu mais uma vez, aos 33min. Melhor para o goleiro. Ele pode até não ter conseguido chegar em todas as bolas, mas a trave esteve lá para ajudar, como aconteceu aos 40min. O travessão também marcou presença, com participação providencial aos 42min, depois de cobrança de falta de Lúcio.

No entanto, na etapa final, o Santa Cruz resolveu sair da retranca e atacar o Grêmio. Deu certo. Aos 13min, Régis cruzou  na área, o uruguaio Alejandro subiu mais do que a zaga gremista e fez a festa dos donos da casa. No embalo do gol, os donos da casa foram ao ataque mais uma vez. Mas a trave, alidada no primeiro tempo, foi adversária e impediu que a bola de Régis entrasse no gol de Victor. Personagem do primeiro tempo, o goleiro César não ficou de espectador na etapa
final. Aos 20min, ele fez mais uma defesa sensacional, desta vez na cabeçada de Borges, que desperdiçou à queima-roupa.
O Grêmio seguiu com dificuldades para achar o caminho das redes. Aos 31min foi a vez de Escudeiro perder uma oportunidade. O meia-atacante argentino fez linda jogada, passando por quatro marcadores, mas na hora de chutar ele não
teve a mesma precisão. Aos 41min, os resultados de momento estavam colocando Grêmio e Internacional frente a frente logo nas quartas de final do Gaúcho. Mas o atacante Borges foi puxado por Rodrigo dentro da área. Pênalti, que o próprio
centroavante cobrou e saiu para o abraço.

Gostou? Compartilhe