Gol não, golaço!

Torcedores de todo o planeta na expectativa de saberem quem fez o gol mais bonito do mundo em 2010

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A virada de ano é uma época que enche os torcedores de futebol com a esperança de que, para os europeus, seu time possa reagir na tabela, ou no Brasil, ficar ainda mais forte para a próxima temporada. O período também certamente mexe com a cabeça dos boleiros, que podem fazer planos e estabelecer novos objetivos.

No caso de dez atletas em específico, o dia 10 de janeiro já oferece uma primeira meta: ter o seu gol eleito como o mais bonito do mundo em 2010. Agora, com a votação online já encerrada, só resta a Robben, Van Bronckhorst, Altintop, Yokoyama, Messi, Hallenius, Burrows, Nasri, Tshabalala e Neymar controlar a ansiedade para saber quem será o eleito pelos usuários do fifa.com na festa Gala da Bola de Ouro em Zurique. Ao todo, foram computados mais de um milhão de votos na eleição que se encerrou no dia 13 de dezembro. Essa é a segunda edição do prêmio, que teve o português Cristiano Ronaldo como seu primeiro vencedor, ainda com a camisa do Manchester United - por um golaço marcado de fora da área diante do Porto, pela Uefa Champios League. Entre os dez gols selecionados pelo Comitê de Futebol da Fifa, houve todo tipo de lance. Desde jogadas de certo modo acrobáticas, como as do norte-irlandês Burrows e do sueco Hallenius, com um grau de dificuldade imenso, até as arrancadas fulminantes e sinuosas de gente como Messi, Nasri e Neymar e a japonesa Yokoyama, única mulher entre os dez concorrentes. Sobrou espaço também para os dois chutes precisos, com violência e técnica, desferidos por Van Bronckhorst e Tshabalala na Copa do Mundo e para o lance de Robben, que aliou drible e finalização.


Gostou? Compartilhe