Inter deve ter várias mudanças para enfrentar o Atlético-MG

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Um treino coletivo no campo suplementar do Beira-Rio deu início à preparação para o jogo do Internacional contra o Atlético-MG neste domingo, às 18h30, em Porto Alegre, pela 29ª rodada do Brasileirão. O pensamento é de conquistar três pontos diante de seu torcedor e encostar de vez na briga pelo título brasileiro.
A ideia ficou ainda mais alimentada com os tropeços dos primeiro e segundo colocados da competição nesta semana. Tanto Fluminense, como o Corinthians perderam seus jogos e não dispararam na tabela. A distância do Inter para a liderança segue em oito pontos. No momento, o Colorado é quarto colocado, com 44 pontos.
Na sexta-feira, o trabalho no Beira-Rio foi tático e com algumas surpresas. O técnico Celso Roth escalou um time titular com várias mudanças. As trocas são necessárias, uma vez que o time sofre com vários desfalques, os quais valem ser relembrados: Tinga, Rafael Sobis e Wilson Matias ficam de fora por lesão; Índio está liberado, mas ainda não está cem por cento; Giuliano e D'Alessandro estão a serviço das respectivas seleções; Andrezinho está suspenso pelo terceiro cartão amarelo; e Edu não participou do treino de hoje por dores na coxa. O torcedor colorado pode até se perder para contar tantas baixas na equipe. Com isso, Roth botou em campo no treino desta sexta o seguinte time: Renan; Nei, Bolívar, Sorondo e Kleber; Glaydson, Derley, Guiñazu e Marquinhos; Ilan e Alecsandro. O grupo ainda tem marcado mais um treinamento na manhã deste sábado, o último antes da concentração para a partida contra o Galo. Assim, o treinador definirá de vez os seus onze titulares.

Gostou? Compartilhe