Grêmio é superior e vence o clássico Gre-Nal 427

Com gol de Pepê, Tricolor levou a melhor no segundo clássico pela Libertadores

Por
· 1 min de leitura
Pepê marcou o gol do clássico - Foto - Lucas Uebel-GFBPAPepê marcou o gol do clássico - Foto - Lucas Uebel-GFBPA
Pepê marcou o gol do clássico - Foto - Lucas Uebel-GFBPA

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Noite de clássico é sinônimo de uma noite repleta de emoções para milhares de torcedores. Jogando fora de casa, no Beira-Rio, o Grêmio entrou em campo para enfrentar o seu maior rival, o Internacional, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores. E confirmou a sua invencibilidade em clássicos ao vencer o time colorado pelo placar de 1 a 0, e atingir a marca de dez jogos sem sofrer uma derrota, o que já soma dois anos. O gol foi assinalado por Pepê, aos 28 minutos da etapa complementar. Mantendo a mesma ideia da última partida, com três volantes, o técnico Renato Portaluppi escalou sua equipe com Vanderlei, Orejuela, Rodrigues, Kannemann, Bruno Cortez, Lucas Silva, Matheus Henrique, Alisson, Pepê e Diego Souza. A novidade ficou por conta do retorno de Pepê e Kannemann, após tratamento de lesão.

Jogo

Os 45 minutos iniciais foram de equilíbrio na partida, mas foi o Grêmio quem tomou as primeiras iniciativas. No segundo tempo, o Grêmio aliviou um pouco mais a marcação e diminuiu o ritmo de jogo, tanto que quem fez as primeiras investidas no ataque foi o Internacional. Aos 28, foi dos pés de Pepê, que saiu o gol gremista. O atacante recebeu na meia esquerda, procurou o canto esquerdo da meta defendida por Marcelo Lomba e foi lá que colocou - mandou para o fundo das redes, com qualidade. Com o resultado, o Grêmio chega a sete pontos na tabela da competição e ocupa a segunda posição. Segue invicto há dois anos, sem sofrer derrotas em clássicos. Com a vitória desta noite, atinge dez jogos sem perder.


Gostou? Compartilhe