Após imbróglio judicial, Palmeiras e Flamengo empatam em 1 a 1

Decisão do TST autorizando o jogo saiu a 10 minutos do início do duelo

Por
· 1 min de leitura
 Foto – Cesar Greco - Palmeiras Foto – Cesar Greco - Palmeiras
Foto – Cesar Greco - Palmeiras

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Depois de uma batalha jurídica que teve início na sexta-feira (25) e só terminou dez minutos antes do início da partida da tarde deste domingo (27), as equipes do Palmeiras e Flamengo entraram em campo, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O jogo, que por pouco não aconteceu devido a decisões judiciais e recursos impetrados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), acabou em empate em 1 a 1. O resultado deixou, provisoriamente o Palmeiras na quarta posição, com 19 pontos, e o Flamengo em quarto lugar, com 18.

Jogadores infectados

Com 20 jogadores infectados pelo novo coronavírus, o Flamengo mandou a campo uma equipe recheada de garotos e o duelo acabou sendo muito mais parelho do que o cenário prévio apontava. Aos nove minutos, o Palmeiras abriu o placar, após uma bela troca de passes: Raphael Veiga tocou para o centroavante Luiz Adriano, que ajeitou para Patrick de Paula emendar de primeira, de fora da área, O chute saiu forte e desviou em Thiago Maia, tirando o goleiro Hugo do lance. No entanto, na sequência, um minuto depois, o Rubro-Negro empatou. A jogada começou com Arrascaeta que foi até a linha de fundo e cruzou para trás. Como um bom matador, o centroavante Pedro estava onde deveria, e finalizou com categoria. Tudo igual no Allianz Parque.

Gostou? Compartilhe