Gre-Nal termina em 1 a 1 e com duas expulsões

Grêmio mantém sequência de 11 jogos sem derrota no clássico

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O clássico Gre-Nal, válido pela abertura da 13ª rodada do Brasileirão, disputado na tarde deste sábado, na Arena, terminou empatado em 1 a 1 e também no número de expulsões. Musto pelo Inter e Cortez para o Grêmio. Pepê e Tiago Galhardo, ambos no segundo tempo, marcaram os gols do jogo.  Com o resultado, o Tricolor mantém uma invencibilidade de 11 jogos sem perder para o rival. O resultado deixou o Inter com 22 pontos, ocupando a segunda posição da tabela. Já o Grêmio tem 14 pontos e está  na 14ª colocação.

O confronto

Com o meio-campo truncado, os dois times quase não chegavam ao gol adversário. Quando o Inter teve um pouco de lucidez chegou com perigo. Heitor aproveitou a bobeira da zaga, invadiu a grande área e bateu cruzado. A bola passou perto do poste e saiu.

O Grêmio adotou uma postura mais reativa e teve dificuldade para chegar. No único lance de perigo, Lucas Silva chutou de fora da área e Lomba tirou com a ponta dos dedos.

No segundo tempo o Gre-Nal ficou mais violento. Em poucos minutos, Cuesta e Cortez receberam cartões amarelos em pegadas mais fortes.

Na casa dos 7 minutos o Grêmio deixou o lado truculento de lado e abriu o placar. Pepê recebeu na grande área e tocou na saída de Lomba.

Expulsão

Aos 24 minutos, Musto acertou um soco na cara de Diego Souza fora do lance e acabou flagrado pelo VAR. O volante foi expulso e deixou o seu time na mão.

Apesar da superioridade numérica, o Grêmio deu bobeira e Cortez colocou a mão na bola dentro da área. O VAR chamou Claus, que confirmou o pênalti. Na cobrança, Galhardo deixou tudo igual.O clássico ainda teve mais um expulso. Em dividida forte com Cuesta, Cortez recebeu o segundo amarelo e deixou o campo mais cedo.



Gostou? Compartilhe