Gre-Nal termina em 1 a 1 e com duas expulsões

Grêmio mantém sequência de 11 jogos sem derrota no clássico

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O clássico Gre-Nal, válido pela abertura da 13ª rodada do Brasileirão, disputado na tarde deste sábado, na Arena, terminou empatado em 1 a 1 e também no número de expulsões. Musto pelo Inter e Cortez para o Grêmio. Pepê e Tiago Galhardo, ambos no segundo tempo, marcaram os gols do jogo.  Com o resultado, o Tricolor mantém uma invencibilidade de 11 jogos sem perder para o rival. O resultado deixou o Inter com 22 pontos, ocupando a segunda posição da tabela. Já o Grêmio tem 14 pontos e está  na 14ª colocação.

O confronto

Com o meio-campo truncado, os dois times quase não chegavam ao gol adversário. Quando o Inter teve um pouco de lucidez chegou com perigo. Heitor aproveitou a bobeira da zaga, invadiu a grande área e bateu cruzado. A bola passou perto do poste e saiu.

O Grêmio adotou uma postura mais reativa e teve dificuldade para chegar. No único lance de perigo, Lucas Silva chutou de fora da área e Lomba tirou com a ponta dos dedos.

No segundo tempo o Gre-Nal ficou mais violento. Em poucos minutos, Cuesta e Cortez receberam cartões amarelos em pegadas mais fortes.

Na casa dos 7 minutos o Grêmio deixou o lado truculento de lado e abriu o placar. Pepê recebeu na grande área e tocou na saída de Lomba.

Expulsão

Aos 24 minutos, Musto acertou um soco na cara de Diego Souza fora do lance e acabou flagrado pelo VAR. O volante foi expulso e deixou o seu time na mão.

Apesar da superioridade numérica, o Grêmio deu bobeira e Cortez colocou a mão na bola dentro da área. O VAR chamou Claus, que confirmou o pênalti. Na cobrança, Galhardo deixou tudo igual.O clássico ainda teve mais um expulso. Em dividida forte com Cuesta, Cortez recebeu o segundo amarelo e deixou o campo mais cedo.



Gostou? Compartilhe