Inter vence Athletico-PR e retoma vice-liderança do Brasileirão

Os gols colorados foram marcados pela dupla de ataque da noite, Thiago Galhardo e Abel Hernández

Por
· 2 min de leitura
O artilheiro do campeonato, Thiago Galhardo, chegou ao seu 13º gol na competição (Foto: Ricardo Duarte | SCI)O artilheiro do campeonato, Thiago Galhardo, chegou ao seu 13º gol na competição (Foto: Ricardo Duarte | SCI)
O artilheiro do campeonato, Thiago Galhardo, chegou ao seu 13º gol na competição (Foto: Ricardo Duarte | SCI)
Você prefere ouvir essa matéria?

Em partida válida pela 15ª rodada do Brasileirão, o Internacional enfrentou o Athletico Paranaense, no Beira-Rio, e venceu por 2 a 1. Os gols do Inter foram marcados por Thiago Galhardo e Abel Hernández, de cabeça. Também no jogo aéreo, o furacão descontou com Renato Kayzer. Com o resultado, o colorado retomou a vice-liderança do campeonato, com 28 pontos.


Primeiro tempo

O Internacional começou bem a partida. Logo aos sete minutos, o roteiro visto no primeiro gol da última partida, contra o Bragantino, se repetiu no Beira-Rio. Heitor realizou bom cruzamento na cabeça de Thiago Galhardo, que colocou no canto do goleiro e abriu o marcador para o Inter. Apesar do começo animado, o jogo ficou morno após o gol. O Athletico tentava a construção de lances ofensivos, mas era bem marcado pela defesa mandante. Já o Inter buscava o segundo gol através de lançamentos e, principalmente, bolas aéreas.

E foi assim que o colorado conseguiu ampliar o placar. Aos 36 minutos, em novo cruzamento de Heitor, Abel Hernández cabeceou contra a meta paranaense e encobriu Jandrei. Inter 2 a 0. Se a primeira metade da etapa inicial foi cadenciada, os últimos dez minutos foram agitados. Além do segundo gol do jogo, o Inter teria outra chance de marcar, com chegada perigosa na área de Heitor, desta vez como o finalizador. Já o furacão, que até então só havia concluído a gol uma vez, sem maiores dificuldades para Lomba, construiu bela jogada de contra-ataque pela direita. Em seguida, Carlos Eduardo foi até a linha de fundo, cruzou para o meio da área e encontrou Renato Kayzer, livre de marcação, para cabecear no canto de Lomba e descontar o placar no Beira-Rio. 2 a 1.


Segundo tempo

A etapa final do jogo apresentou momentos variados. Durante uma parte do segundo tempo, o Inter buscou controlar mais o resultado e o Athletico não conseguiu se impor como gostaria. Contudo, no geral, tanto o colorado, quanto o furacão conseguiram chances perigosas para marcar. Aos sete minutos, Jandrei precisou fazer uma bela intervenção em finalização à queima-roupa de Abel. Aos 22, Galhardo cabeceou com perigo uma bola levantada na área por Moisés, enquanto aos 30, Marcos Guilherme não aproveitou boa jogada criada por Zé Gabriel, e concluiu fraco, no meio do gol.

Se em termos de chances de gol, na primeira metade da etapa final só deu Inter, na segunda metade o Athletico criou grandes oportunidades e impôs momentos de pressão na zaga colorada. Aos 34, Christian chutou forte a bola, que passou raspando a trave. Já aos 41, o travessão foi o que impediu o gol de empate do furacão, após bela cobrança de falta de Ravanelli, recém substituído no jogo. Porém, o travessão não foi o único fator que impediu o empate dos paranaenses. Nos acréscimos, Marcelo Lomba salvou o Internacional com duas belíssimas defesas em sequência. A primeira, após desvio de Kayzer, obrigando o goleiro a buscar quase dentro do gol. No rebote, Lomba ainda defendeu chute forte de Fabinho.

O próximo compromisso do Internacional ocorrerá nesta quarta-feira (14), em partida contra o Sport. O jogo será disputado em Recife.


Ficha técnica

Internacional: Marcelo Lomba; Heitor (Rodinei), Zé Gabriel, Víctor Cuesta (C), Moisés; Rodrigo Lindoso, Marcos Guilherme, Bruno Praxedes (Musto), Patrick (William Pottker); Abel Hernández (D’Alessandro), Thiago Galhardo (Yuri Alberto).

Athletico-PR: Jandrei; Jonathan (Walter), Pedro Henrique, Thiago Heleno (C), Abner; Richard (Jaime Alvarado), Erick (Ravanelli), Léo Cittadini (Fabinho); Carlos Eduardo (Pedrinho), Renato Kayzer, Christian.

Gols: Thiago Galhardo, Abel Hernández; Renato Kayzer.

Cartões amarelos: Heitor, D’Alessandro.

Gostou? Compartilhe